Emprego S. A. 18/05/2019 01h35 Atualizado às 14h26

Cinco dicas para quem vai fazer o concurso público da Prefeitura de Santa Cruz

Existe uma legislação comum, que todos precisam estudar

A grande notícia da semana, pelo menos para quem está procurando emprego, foi a confirmação do concurso público da Prefeitura de Santa Cruz, com a abertura de 285 vagas. A coluna conversou com o secretário Vanir Ramos de Azevedo, da pasta da Administração e Transparência, e antecipa aqui o que todo candidato precisará saber. Confira estas cinco dicas: 

1 - Existe uma legislação comum, que todos precisam estudar. As leis complementares 737 e 738 à Lei Orgânica Municipal foram recentemente aprovadas, e deverão ser tema de questões nas provas. A lei 737 fala do plano de carreira dos servidores e a 738, do regime jurídico. Elas já podem ser estudadas. Para quem vai se candidatar a uma vaga de professor, é a lei 295 que deve ser compreendida. Todo mundo precisa saber também sobre a Lei Orgânica, que é como se fosse a Constituição de Santa Cruz do Sul. Este conteúdo é oferecido gratuitamente na página da Prefeitura, na aba “concursos/próximos concursos”.

2 - Atenção à língua portuguesa. Além de questões específicas de cada cargo e profissão, legislação e matemática, o domínio da língua portuguesa será cobrado na prova teórica do concurso. Segundo a Prefeitura, haverá uma exigência maior sobre a disciplina de português, especialmente para os candidatos interessados na área da educação.

3 - No site da Prefeitura, na aba concursos/próximos concursos, está o link para dois editais de concursos públicos realizados em 2006 e 2012. Não é parâmetro de conteúdo para a próxima seleção, mas sempre serve como base para organizar os estudos. O Município acredita que as 285 vagas serão muito disputadas; neste caso, a dica é estudar, e muito.

4 - Sobre as cotas, 20% das vagas serão reservadas para negros. O candidato precisa informar, no ato da inscrição, que se declara como negro e que concorrerá nesta modalidade. Haverá também uma cota para mulheres na Guarda Municipal. Serão reservadas 20% das nomeações dos cargos. A intenção é atrair mulheres para este serviço, que em sua maioria é realizado por homens.  

5 - Doadores de medula óssea cadastrados regulamente nos bancos de doação e coleta não pagam a taxa da inscrição. A coluna apurou que o candidato não precisa ter efetivado a doação para receber a isenção. O regulamento determina que ele esteja regularizado neste cadastro e tenha meios de comprovar esta participação.