Mudança de planos 17/06/2019 08h09 Atualizado às 08h19

Havan adia data de inauguração da megaloja em Santa Cruz

Principal motivo foi o excesso de chuva ao longo do mês de maio

A chuva registrada ao longo do mês de maio alterou o cronograma de obras da futura unidade da Havan em Santa Cruz do Sul. Com o solo úmido, a terraplenagem atrasou, o que também prejudicou o início da construção do complexo. A partir de agora, com a melhora no tempo, as equipes intensificam as ações e o movimento de máquinas cresceu na área junto à BR 471, perto da estação rodoviária.

O diretor de expansão da Havan, Nilton Hang, espera que o clima colabore para que as obras possam ter andamento. "Nós pegamos 23 dias de chuva, o que atrasou a obra e, por isso, tivemos que mudar a data. Se a chuva vem depois que a obra está coberta, não tem problemas", explicou.

Na semana passada a Prefeitura deu início à canalização nas proximidades do terreno onde será instalada a loja da Havan em Santa Cruz. Conforme o secretário de Obras e Infraestrutura, Leandro Kroth, o trabalho deve dar condições para o escoamento da água da chuva. “Como estão no serviço de terraplenagem naquele terreno, há a necessidade de uma drenagem das águas pluviais. Então estamos realizando a canalização de 150 metros, com tubos de concreto, com diâmetro de um metro, para poder dar escoamento tanto do terreno quanto da própria rua lateral à BR-471”, explicou.

Foto: Rafael CunhaCanalização é realizada nas proximidades do terreno onde ficará a Havan
Canalização é realizada nas proximidades do terreno onde ficará a Havan

 

A previsão inicial da Havan era abrir as portas da megaloja em Santa Cruz no dia 14 de agosto. Por causa da chuva, a nova data de inauguração é 14 de setembro. O prédio vai ter 9 mil metros quadrados. A seleção dos 150 funcionários que vão atuar no local continua. Quase 3 mil pessoas entregaram currículos. O investimento na unidade da rede catarinense em Santa Cruz é de R$ 30 milhões.

LEIA MAIS SOBRE A HAVAN EM WWW.GAZ.COM.BR/HAVAN