Saúde 27/06/2019 09h36 Atualizado às 18h24

Vereadora Bruna Molz está internada com suspeita de dengue

Ela está internada no Hospital Ana Nery, em Santa Cruz do Sul

A presidente da Câmara de Vereadores de Santa Cruz do Sul, Bruna Molz (PTB), está internada desde essa quarta-feira, 26, no Hospital Ana Nery, em Santa Cruz do Sul, com suspeita de dengue. Conforme Bruna, os sintomas iniciaram na segunda-feira, 24, quando ela começou a sentir dor no corpo e febre.

Na terça-feira a vereadora amanheceu com manchas pelo corpo e, hoje, segundo Bruna, elas estão mais intensas. "Pelo resultado do exame de sangue a suspeita é de dengue. E dengue também causa manchas vermelhas", comentou. 

No fim da tarde, após nova avaliação médica, também foram levantadas as suspeitas de Bruna estar com varicela ou meningite. De acordo com a vereadora, ela passará por mais exames e a previsão é de que os resultados saiam nesta sexta-feira de manhã. Entretanto, a suspeita de dengue ainda não foi descartada. Ela está sendo medicada e segue tratamento no hospital, mas não poderá receber visitas.

Uma nota oficial foi divulgada no fim da manhã desta quinta. "A presidente da Câmara de Vereadores de Santa Cruz do Sul, Bruna Molz, informa que encontra-se internada no Hospital Ana Nery, com suspeita de dengue, segundo informações médicas preliminares. Ela teve baixa no hospital na tarde desta quarta-feira, dia 26, com febre alta, dores nas articulações e manchas na pele, na região do rosto e dorso. Ela se submeteu a exames iniciais, porém ainda não existe um diagnóstico definitivo. Seu quadro, nesta quinta-feira é estável, sendo que deve permanecer internada por mais alguns dias. A próxima sessão, segunda-feira, dia 1º de julho, deve ser comandada pelo vice-presidente, vereador Gerson Trevisan. A vaga de Bruna Molz no parlamento deve ser ocupada pelo suplente do PTB."

Os últimos dados informados nesta quinta-feira apontam que o município já tem 95 casos suspeitos da doença e 23 confirmados. Apesar dos esforços do Poder Público, com campanhas e mutirões de conscientização, os números seguem a subir em Santa Cruz. “Estamos desde os primeiros casos nos mobilizando, mas infelizmente, a dengue chegou ao nosso município. Ainda assim, seguimos firmes e fortes fazendo esse trabalho de prevenção e de controle da doença”, disse a coordenadora da Vigilância Sanitária, Lizete Plotzki de Pires.

LEIA MAIS: