Inspeção Sanitária 12/07/2019 18h01 Atualizado às 18h42

Cisvale irá disponibilizar veterinários para as prefeituras

Ato nesta sexta-feira marcou a assinatura do contrato do Consórcio Intermunicipal de Serviços do Vale do Rio Pardo com a empresa Compilar Consultoria

A contratação de veterinários para serviços de inspeção sanitária se tornou mais simples para os municípios atendidos pelo Consórcio Intermunicipal de Serviços do Vale do Rio Pardo (Cisvale). Na tarde desta sexta-feira, 12, foi assinado um contrato entre o Cisvale e a Compilar Consultoria, de Venâncio Aires. A empresa será responsável por disponibilizar profissionais veterinários para uma importante demanda regional, que é a fiscalização e inspeção sanitária de indústrias e agroindústrias familiares que trabalham com produtos de origem animal.

Segundo o presidente do Cisvale e prefeito de Pantano Grande, Cassio Nunes Soares, o serviço facilitará a contratação dos médicos-veterinários pelas prefeituras. “Estamos falando de mais economia para os municípios e, principalmente, um serviço de inspeção sanitária adequado, fazendo com que o produto saia das indústrias ou agroindústrias familiares com qualidade para o consumo humano e para o consumo das nossas comunidades, da nossa população”.

Para o prefeito de Vale Verde e presidente da Associação dos Municípios do Vale do Rio Pardo (Amvarp), Carlos Gustavo Schuch, o contrato  do Cisvale com a empresa Compilar Consultoria auxilia no planejamento das administrações municipais na questão de produtos de origem animal. “Os municípios do Vale do Rio Pardo em sua maioria são de pequeno porte, e que precisam desse auxílio. Esses veterinários vão proporcionar que os municípios consigam se organizar. A atividade deles não vai ser somente fiscalizatória, mas um serviço de orientação que muitas vezes vale muito para um pequeno produtor”, afirmou o prefeito de Vale Verde e presidente da Amvarp.

Para a médica-veterinária Aline Zimpel, responsável técnica da empresa Compilar Consultoria, o papel do profissional será o de garantir que os produtos alcancem o consumidor final com a qualidade exigida. “Nós sabemos do perigo que existe, tanto com o bem-estar animal, no caso de abates de animais, como do perigo de contaminantes desses produtos que estão sendo comercializados. Existe toda uma questão de saúde pública, uma prevenção de patologias que podem aparecer. Um evento clássico no abate de bovinos é a tuberculose, o que é algo corriqueiro. E a importância do veterinário está em realizar a inspeção durante o abate desses animais para que não aconteça de passar algum problema que chegue na mesa do consumidor”, ressaltou a profissional.

O diretor-executivo da Compilar Consultoria, Joel Martins, destacou que a empresa foi a primeira no Estado a ser habilitada a fazer a verificação de produtos de origem animal: “Nossa empresa já tem experiência adquirida no Estado. Seguimos um procedimento padrão no recrutamento e seleção dos profissionais, contratamos profissionais experientes que conheçam e possam orientar o pequeno estabelecimento”.


Como vai funcionar

O serviço de inspeção sanitária vai atender os municípios conforme sua demanda, cabendo à administração municipal realizar a contratação junto ao Cisvale. Serão duas formas de inspeção: permanente, em matadouros e frigoríficos, e periódica, em indústrias e agroindústrias familiares de mel, ovos, pescado, embutidos e leite.

A Compilar Consultoria foi habilitada a prestar o serviço junto aos municípios que integram o consórcio após participar do edital de chamamento público para credenciamento publicado pelo Cisvale no final de 2018.