Falecimento 21/07/2019 10h41 Atualizado às 18h37

Morre o psiquiatra santa-cruzense Fernando Cássio Tatsch

Médico estava internado desde o início da semana e morreu na noite deste sábado

Morreu aos 75 anos na noite desse sábado, 20, no Hospital Santa Cruz (HSC), o médico psiquiatra Fernando Cássio Tatsch. Ele estava internado na casa de saúde desde o início da semana e faleceu por volta das 19 horas, em decorrência de uma emboliar pulmonar. Fernando havia sofrido uma queda e fraturado uma vértebra. 

Nascido em Santa Cruz do Sul em 1943, Tatsch se formou em medicina pela Santa Casa de Porto Alegre e após se especializar em psiquiatria, retornou para o município onde trabalhou em consultório. Ele também fez parte da trajetória do antigo Sanatório Kaempf ou Hospital Psiquiátrico Vida Nova.

Além da carreira médica, ele foi sócio-fundador do Centro Cultural 25 de Julho e fez parte de clubes do Cinema e da Cultura. Segundo familiares, era um homem extremamente generoso, realizando doações de um terreno e um carro para a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae), além de não negar ajuda a quem lhe pedisse. Sua família e amigos o consideravam extremamente culto, um pai amoroso e dedicado, além de apaixonado por cães.

Os serviços fúnebres estão a cargo da Funerária Halmenschlager. O velório deve ocorrer a partir das 12 horas dessa segunda-feira, na sala cerimonial da funerária, junto ao Cemitério Ecumênico da Paz Eterna. A cerimônia de despedida ocorre a partir das 18 horas. Após o corpo será levado para Caxias do Sul onde será cremado. O médico deixa enlutados os filhos Carolina, Mariana e Fernando e cinco netos: Joana, Rafael, Sofia, Isabela, e Vitória, além de demais amigos e familiares.