Campanha 10/08/2019 15h19 Atualizado às 16h45

Bebê com má formação cardíaca nasce prematuro em Candelária

Pais e familiares realizam uma campanha para arrecadar fundos; primeira cirurgia será feita com urgência

Prematuro, o filho de Karen Regina Borstmann e Joél Jandir Jaeger nasceu na tarde deste sábado, 10, em Candelária. O pequeno Miguel tem uma má formação cardíaca muito grave, que motivou a criação de uma campanha para arrecadar fundos para a série de cirurgias pelas quais o bebê terá que passar.

Conforme amigos do casal, a bolsa rompeu ainda durante a manhã, mas não houve tempo de ser transferida para Porto Alegre. O bebê nasceu no Hospital de Candelária, com 34 semanas de gestação e 2,8 quilos. Segundo os amigos da família, agora eles enfrentam uma corrida contra o tempo, já que a primeira cirurgia deverá ser feita em menos de 48 horas. Mãe e bebê devem ser transferidos em seguida para a Capital.

>>> CLIQUE AQUI PARA ACESSAR A VAQUINHA

Miguel foi diagnosticado com Síndrome de Hipoplasia do Coração Esquerdo (SHCE), ou Hipoplasia de Ventrículo Esquerdo. Segundo Karen, todo o lado esquerdo do coração do bebê não se desenvolveu corretamente e ficou com tamanho reduzido. A mãe conta que não há histórico na família e realizou todos os exames normalmente. No entanto, durante uma ecografia em Santa Cruz do Sul, ela logo percebeu que algo estava errado.

LEIA MAIS: Casal faz campanha para tratamento de filho com má formação cardíaca