Santa Cruz 14/08/2019 09h55 Atualizado às 20h01

Bombeiros adotam nova prática em emissão de planos de prevenção

Medida vale para locais que tenham risco baixo de incêndio

O Corpo de Bombeiros de Santa Cruz do Sul começa a adotar uma prática diferente na hora de emitir o Plano Simplificado de Prevenção e Proteção Contra Incêndio (PSPCI) de risco baixo. A medida é a mesma já adotada pela corporação de Caxias do Sul.

Conforme o comandante do 6º Batalhão de Bombeiro Militar de Santa Cruz do Sul, tenente-coronel Gerson da Rosa Pereira, a intenção é orientar as pessoas de que não há necessidade de um profissional de qualquer área, especialmente da engenharia, para emissão do certificado de licenciamento de risco pequeno.

“A legislação permite que qualquer pessoa faça. O que tem acontecido é que algumas pessoas têm tido ônus com isso, por desconhecimento, em que um profissional se diz necessário, o que não é o caso”, fala. A ideia é viabilizar e não onerar ainda mais quando um empresário quer abrir um negócio. “Estamos orientando as pessoas, dando mais oportunidades”, ressalta. 

Saiba mais
Este serviço será inteiramente gratuito e estará disponível aos interessados. Basta comparecer a uma unidade do Corpo de Bombeiros Militar, trazendo informações como o endereço completo do estabelecimento, a atividade a ser desenvolvida no local, número do CNPJ, área total construída, número de pavimentos e nome, endereço, telefone, e-mail e CPF do proprietário do imóvel.

Os atendimentos ocorrem a partir do dia 14 de agosto de 2019, todas as quartas-feiras, das 14 às 18 horas. Os interessados devem comparecer aos Setores de Prevenção de Incêndios dos quartéis de Bombeiro Militar dos municípios da área de ação do 6º Batalhão de Bombeiros Militar em Santa Cruz do Sul, Vera Cruz, Cachoeira do Sul, Rio Pardo, Encruzilhada do Sul, Venâncio Aires, Estrela, Lajeado e Encantado.