Consulta popular 14/08/2019 12h51 Atualizado às 14h47

Assembleias microrregionais ocorrem nesta quinta-feira

Em Santa Cruz, encontro será a partir das 14h30, na sala 107 da Unisc

A comunidade regional está convidada a participar da segunda etapa da Consulta Popular, que ocorre nesta quinta-feira, 15, em dois momentos. Os municípios da microrregião Centro Serra (Arroio do Tigre, Estrela Velha, Ibarama, Lagoa Bonita do Sul, Passa Sete, Segredo, Sobradinho e Tunas), tem sua assembleia agendada para as 9 horas na Câmara de Vereadores de Sobradinho. Já os municípios da microrregião Baixo Vale do Rio Pardo (Boqueirão do Leão, Candelária, Encruzilhada do Sul, General Câmara, Herveiras, Mato Leitão, Pantano Grande, Passo do Sobrado, Rio Pardo, Santa Cruz do Sul, Sinimbu, Vale do Sol, Vale Verde, Venâncio Aires e Vera Cruz), vão se reunir a partir das 14h30, na sala 107 da Unisc em Santa Cruz do Sul.

O objetivo desta segunda etapa, conforme o presidente do Conselho Regional de Desenvolvimento do Vale do Rio Pardo (Corede/VRP), Heitor Álvaro Petry, é analisar os projetos que integram o Caderno de Diretrizes do Vale do Rio Pardo, que são projetos que estão alinhados com o Planejamento Estratégico Regional e que por sua vez farão parte da cédula de votação. Os projetos passíveis de votação deste ano estão especialmente relacionados as áreas da agricultura, do fomento a agroecologia e produção orgânica, do turismo, da ciência e tecnologia, da energia elétrica, da educação ambiental, entre outros. “Dessa forma, todas as entidades que tiverem interesse em participar e contribuir no debate e nas escolhas, serão bem-vindas”, falou.

As assembleias públicas microrregionais terão como principais deliberações a escolha de até cinco projetos para compor a cédula de votação da Consulta Popular; a escolha de delegado(s), na proporção de um para cada trinta participantes; além de uma proposta de alinhamento quanto aos critérios de distribuição dos recursos para os municípios.

Entenda o processo
Na assembleia pública regional que ocorreu na semana passada, na Unisc, a plenária definiu que a cédula de votação deste ano terá cinco projetos, sendo eleitos os dois projetos mais votados. O valor da Consulta Popular para o Vale do Rio Pardo este ano será de R$ 742.857,14, sendo este valor dividido igualmente entre os dois projetos mais votados, cabendo R$ 371.428,57 para cada.

Logo após as assembleias microrregionais, haverá uma Assembleia Regional Ampliada – que será realizada na segunda-feira, 19, às 8h30, na sala 101 da Unisc. Nesta terceira etapa, serão definidos os projetos que irão para a cédula de votação e critérios de distribuição de recursos entre os municípios.

A Consulta Popular será nos dias 4, 5 e 6 de setembro, em todo o Estado do Rio Grande do Sul. A exemplo de anos anteriores, a votação será em três modalidades: on-line, pelo site www.consultapopular.rs.gov.br; através do aplicativo ou por SMS. Para votar, o cidadão precisa ter título de eleitor.

LEIA MAIS: Corede abre processo para a votação da Consulta Popular