Saúde 14/08/2019 14h12 Atualizado às 15h22

Em dois meses, programa Fila Zero já atendeu 1,2 mil pessoas

Pacientes foram atendidos em consultas com especialistas e exames de baixa e média complexidade

Cerca de dois meses após ser iniciado, o programa Fila Zero já demonstra resultados significativos para quem depende dos serviços da Saúde em Santa Cruz do Sul. Foram 1,2 mil pacientes atendidos em consultas com especialistas e exames de baixa e média complexidade, somando oito filas de espera zeradas.

LEIA MAIS: Fila Zero já atendeu mais de 800 pacientes em Santa Cruz

Outro resultado positivo é em relação ao número de faltas aos atendimentos, que reduziu com as ações do programa. Enquanto a agenda normal registra um índice de 40% de ausências, no Fila Zero apenas 11,66% dos pacientes não comparecem na data marcada. Entre 28 de maio e 9 de agosto, foram contabilizadas 161 faltas.

Fazem parte do programa pacientes que tiveram a solicitação para consulta ou exame autorizada até 30 de abril de 2019 - data de corte do Fila Zero. Em torno de 7,6 mil pessoas integram a lista. Os nomes dos pacientes chamados são divulgados no site da Prefeitura, em um link específico para o programa. A Secretaria Municipal de Saúde também envia mensagens de texto para os telefones dos convocados, por isso, é importante que os números estejam atualizados.

Até agora, foram zeradas filas de consultas com fonoaudiologista, neuropediatra, neurologista, proctologista e coloproctologista. Quem esperava por exames de ressonância, tomografia, eletrocardiograma e ultrassonografia também já foi atendido. Estão sendo agendados exames de ecodoppler, teste egométrico, ecocardiograma, holter e endoscopia, além das consultas com dermatologista, endocrinologista, vascular e traumatologista. No dia 21 de agosto, inicia a agenda com gastroenterologista.

LEIA MAIS: Tire suas dúvidas de como vai funcionar o programa Fila Zero