Comércio afetado 19/08/2019 23h28 Atualizado às 06h23

Lojistas reclamam de bloqueio no Centro de Santa Cruz do Sul

Comerciante estima que a queda nas vendas foi de 50% desde quando as intervenções começaram

Comerciantes da Rua Senador Pinheiro Machado, em Santa Cruz do Sul, estão indignados com o bloqueio do trânsito na quadra entre as ruas Tenente-Coronel Brito e Venâncio Aires, onde a Prefeitura realiza a instalação de uma nova galeria pluvial. Só no Centro Comercial Pinheirinho, na esquina da Senador com a Venâncio, são 11 lojas.

“Na manhã desta segunda não havia ninguém trabalhando na obra.  Poderiam ter liberado pelo menos meia pista. Eles precisam nos dar um parecer”, cobra Clarice Leipelt, proprietária da Foto Leipelt. Marta Hoff, da D’ Marta Presentes, também reclama. “Atrapalha o movimento nas lojas, estamos tendo prejuízo.”

Na padaria Panisul, a proprietária Vanda Ulrich estima que a queda nas vendas foi de 50% desde o dia 12, quando as intervenções começaram. Ela emprega 40 funcionários e explica que está com dificuldades para manter as contas em dia. “Estamos começando a pensar em demissões”, revela.

O secretário de Obras e Infraestrutura, Leandro Kroth, estima que os trabalhos irão continuar por quatro semanas. Ele afirma que não há possibilidade de liberação do trânsito por questões de segurança. “Não podemos liberar nem em meia pista. Tem uma cratera naquele ponto, uma escavadeira trabalhando. A sinalização não basta. Muitos motoristas não respeitam o limite de velocidade. O bloqueio vai permanecer até a conclusão da obra”, afirma.

LEIA MAIS: Bloqueio em trecho da Senador segue até a próxima semana

Foto: João CaramezVanda Ulrich estima que as vendas na Panisul caíram pela metade após o bloqueio
Vanda Ulrich estima que as vendas na Panisul caíram pela metade após o bloqueio

 

A obra

No local, estão sendo instaladas galerias de 1 por 1,5 metro, dentro de um projeto de drenagem urbana. As estruturas de concreto são colocadas na diagonal na Senador e seguem em paralelo ao passeio público na Brito, até o local onde será feita outra superparada. “Vamos encerrar todos os trabalhos até a Oktoberfest”, garante Kroth. Na manhã dessa segunda-feira, 19, as duas escavadeiras foram deslocadas para outros serviços, considerados de urgência. Desta forma, os trabalhadores voltaram ao local somente à tarde. O rompimento de uma adutora de 300 milímetros na Senador durante as escavações foi outro obstáculo para um andamento mais ágil.

LEIA MAIS: Prefeitura realiza drenagem na Rua Senador Pinheiro Machado