Ação 28/08/2019 23h33 Atualizado às 20h49

Doação de caixinhas de leite pode ajudar famílias em Santa Cruz

Material é usado nas paredes e forros das casas de pessoas em situação de vulnerabilidade social, para dar mais conforto térmico aos ambientes

Normalmente jogadas no lixo, as caixinhas de leite ganharam um novo propósito dentro do projeto Brasil Sem Frestas. A ação, idealizada em Passo Fundo há cerca de dez anos pela química Maria Luiza Camozzato, chega a Santa Cruz do Sul por meio do casal Jerri Fernando Ferrari e Djanice Nepomuceno Ferrari. Seu propósito é utilizar o material nas paredes e forros das casas de pessoas em situação de vulnerabilidade social, para dar mais conforto térmico aos ambientes.

“As casas de famílias nessa situação, na sua grande maioria, são de madeira e têm muitas frestas. As caixinhas de leite, que normalmente são colocadas fora, são térmicas, com uma grande resistência às baixas ou altas temperaturas. Por isso são uma boa opção, tanto no verão quanto no inverno, além de terem custo zero de matéria-prima”, explica Djanice, que é pedagoga por formação e promove o projeto em caráter voluntário, sem fins lucrativos.

Ela conta que o processo segue um roteiro padrão. “Primeiro recebemos as caixas de leite, depois limpamos e cortamos para, na sequência, montarmos chapas com até 12 caixas.” As chapas são usadas para forrar as paredes e forros das casas.

Foto: Divulgação

 

O projeto

Conforme os organizadores, o projeto Brasil Sem Frestas leva conforto térmico às famílias, evitando assim as enfermidades causadas por temperaturas muito altas ou muito baixas; tira do lixo a embalagem de leite, que leva em média 200 anos para se decompor, e reduz os gastos com remédios e energia elétrica.  Quem quiser colaborar doando caixinhas de leite pode deixá-as em um dos seguintes postos: Uninter, Unopar, Beleza Urbana, Brinquedoteca Bilboquê, Educar-se, Couro e Arte, Super Fraga, Igreja Batista Pioneira, Espaço Saudável Coach Janice, Mauá, Censupeg e Escolinha Kinder Haus. Informações na página Brasil Sem Frestas - Santa Cruz do Sul RS, no Facebook, ou pelo WhatsApp (51) 99701 5137.

Educar-se engajado

Preocupada com o descarte e o reaproveitamento de diferentes materiais, a Escola Educar-se também é parceira do Brasil Sem Frestas. “Nosso envolvimento no projeto tem movimentado a escola, com a participação dos diferentes níveis de ensino. Acreditamos que pequenas ações podem fazer grande diferença, tanto em nosso planeta, pois estamos dando um destino aos resíduos, como possibilitando maior qualidade de vida a algumas famílias”, ressalta a professora Elisa Pires. Ainda de acordo com a docente, os alunos também estão comprometidos com a coleta de lacres e tampinhas para diferentes ações.