Boa notícia 06/09/2019 09h50 Atualizado às 10h40

Santa Cruz avança no ranking nacional de turismo

Na prática, empresas do município devem receber mais incentivos e visibilidade

Santa Cruz do Sul, agora, é categoria B no Mapa do Turismo, que é um ranking nacional de 2.694 municípios brasileiros elencados em cinco categorias, de A a E. O anúncio foi feito pelo secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo, César Cechinato, na manhã desta sexta-feira, 6. “Município e as empresas vão começar a ser vistos como partícipes de uma cidade que trabalha, efetivamente, no turismo”, comentou o secretário durante o anúncio.

Desde 2013, Santa Cruz do Sul era classificado como C. Com a atualização do mapa, que leva em conta estabelecimentos de hospedagem, empregos, estimativa de visitantes e arrecadação de impostos federais, o município avançou na listagem. Conforme o relatório de categorização, do Ministério do Turismo, em 2018, foram arrecadados R$ 2.254.033,00 no município, nos meios de hospedagem.

Na relação entre 2017 e 2018, o número de hóspedes internacionais - especialmente a negócios -, aumentou de 2.699 para 5.505, resultando em 103% de crescimento. Fora criados também três novos estabelecimentos de hospedagem, enquanto a demanda de visitantes nacionais permaneceu em pouco mais de 102 mil.

Na prática, segundo Cechinato, empresas que estão inseridas no negócio do turismo terão acesso a linhas de crédito para financiar projetos, com mais incentivo e visibilidade. O objetivo, conforme o secretário, é alcançar o nível A até 2023. “Temos um longo trabalho, um desafio, para que em 2023, quem sabe, a gente chegue na categoria A. Vamos trabalhar para isso.” 

No Rio Grande do Sul, há apenas duas cidades com categoria A: Porto Alegre e Gramado. Em Santa Catarina, Florianópolis, Balneário Camboriú, Itapema, Bombinhas e Joinvile têm o mesmo status. Já no Paraná, completando as cidades do Sul do País com o maior nível, estão Curitiba, Londrina e Foz do Iguaçu.

LEIA MAIS: Levantamento vai mostrar as potencialidades turísticas da região