Santa Cruz 20/09/2019 14h01

Servidores da Saúde terão capacitação sobre práticas corporais chinesas

Curso de Lian Gong será ministrado pelo instrutor Tiago Frosi e ocorrerá nos dias 27, 28 e 29

Profissionais da Secretaria Municipal de Saúde (Sesa) passarão por uma capacitação sobre práticas corporais chinesas na próxima semana. O curso de Lian Gong será ministrado pelo instrutor Tiago Frosi e ocorrerá nos dias 27, 28 e 29, na sede do Sindicato dos Comerciários.

LEIA MAIS: Em um mês, mais de 30 pacientes já fizeram tratamento com acupuntura

A oportunidade foi viabilizada pelo Núcleo Municipal de Educação Coletiva (Numesc). Serão contemplados 25 profissionais da Atenção Básica, do Centro de Atenção Psicossocial- CAPSIA e CAPS AD -, Centro Municipal de Atendimento à Sorologia (Cemas), Ambulatório do Idoso, Hipertenso e Diabético e do Núcleo de Apoio à Saúde da Família (Nasf). A seleção foi realizada por meio de projetos para implantação das práticas nas unidades de saúde.

Conforme a diretora de Ações e Programas de Saúde, Clarissa Gohlke, o curso é uma forma de qualificação para os servidores que atuam na rede de saúde pública do município. "A partir da capacitação, os profissionais estarão aptos a oferecer as essas práticas em seus ambientes de trabalho, tanto para colegas quanto para pacientes", comenta.

Foto: Luiz Fernando Bertuol


Clarissa destaca os benefícios da prática, que auxilia no tratamento de dores no corpo e no fluxo de energia vital. "O objetivo da prática é buscar equilíbrio e maior consciência corporal, entre outros benefícios", comenta. De acordo com ela, os exercícios poderão ser desenvolvidos com doentes crônicos e usuários de programas de saúde mental.

Segundo a coordenadora do Numesc, Denise Henriqson, por meio das Práticas Integrativas Complementares em Saúde (PICs), a rede municipal já disponibiliza terapias complementares para a população, entre elas, a acupuntura. Algumas unidades também já iniciaram grupos de práticas corporais chinesas, como é o caso dos postos do Esmeralda, Avenida e Linha Santa Cruz. "Estamos ampliando as práticas integrativas. São 15 unidades da Atenção Básica com projetos inscritos.  A Secretaria de Saúde também tem trabalhado de uma nova forma, cuidando do paciente como um todo." acrescenta.