Durante a festa 11/10/2019 17h39 Atualizado às 18h18

Arrecadação de tampinhas vai ajudar sete entidades de Santa Cruz

Projeto Tampinha Legal instalou coletores no Parque da Oktoberfest

A doação de tampinhas de plástico poderá ajudar sete entidades assistenciais de Santa Cruz do Sul durante a 35ª Oktoberfest. O Projeto Tampinha Legal, criado pelo Instituto SustenPlást, instalou dez coletores no Parque da Oktoberfest para que os visitantes da festa possam levar suas doações. Eles estão instalados próximo ao pórtico principal e nas imediações das praças de alimentação.

LEIA MAIS: Festa da Alegria tem pontos de coleta do Tampinha Legal

De acordo com a supervisora de RH e sustentabilidade da América Tampas, mantenedora da iniciativa na região, Carina Krainovic, as tampas foram escolhidas por uma série de razões. “Existem outros programas para a reciclagem de embalagens e garrafas. Mas as tampas são produzidas com um material nobre e mais limpo que permite o reprocessamento”, explica. “Além de buscar essas tampas que seriam jogadas no lixo, que seriam descartadas de forma incorreta, o projeto faz com que elas sejam destinadas de forma adequada, e que sejam processadas e se transformem em novos produtos.”

Segundo Carina, a empresa segue um modelo de economia circular do plástico. “O objetivo da ação é ressaltar a sustentabilidade e auxiliar as entidades, mas também defender que esse resíduo pode se transformar. O plástico não é lixo, ele pode ser transformado. A tampa jogada no coletor pode se transformar em algo útil para a sociedade.” Entre os novos produtos que podem ser feitos a partir das tampinhas estão cerdas de escovas, vassouras, pás de lixo e baldes.

A América Tampas, de Venâncio Aires, tem uma parceria com a Sulpel, de Santa Cruz do Sul, que compra o material das entidades e o transforma em resina. Em Santa Cruz do Sul, a doação de tampas durante a Oktoberfest vai beneficiar a Associação de Apoio a Pessoas com Câncer (Aapecan), a Sociedade Espírita A Caminho da Luz, a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae), a Associação Diocesana Santa Cruz (Asdisc), a Associação Educacional Cantinho Feliz, o Educandário Thales Theisen e a Ong Foco Empreendedor.