Causa animal 23/10/2019 10h25 Atualizado às 14h31

Castramóvel está pronto e a caminho de Santa Cruz do Sul

Expectativa é de que a unidade passe a funcionar ainda neste ano

Antes de chegar a Santa Cruz do Sul e concretizar o sonho de muitos defensores da causa animal, o castramóvel vai percorrer cerca de 800 quilômetros. Esta é a distância que separa Santa Cruz e São José dos Pinhais (PR), cidade onde a Unidade Móvel de Esterilização e Educação em Saúde (Umees) foi construída e de onde partiu, no início desta semana, rumo à cidade.

O veículo terá como finalidade o controle de natalidade da população de cães e gatos de rua e também pertencentes a famílias de baixa renda em Santa Cruz. A presidente do Legislativo e defensora dos animais, Bruna Molz, comemorou a conquista. “Eu nem acredito, é um sonho antigo meu. Agora é muita emoção e ansiedade, não vejo a hora do castramóvel chegar”, disse.

“Pela primeira vez como vereadora, eu tenho a sensação de dever cumprido. Claro que tive outras realizações na Câmara, mas este era o meu maior sonho. O hospital veterinário também é uma grande conquista, mas sabemos que vai ser muito importante levar o castramóvel aos bairros. Em longo prazo, vamos ter uma mudança, uma diminuição muito grande na população dos animais de rua”, celebrou a vereadora.

LEIA MAIS: Vereadores aprovam verba de R$ 190 mil para castramóvel

A unidade, que estará vinculada à Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal de Saúde (Sesa), conta com sala de medicação pré-anestésica, salas de cirurgia, de pós-operatório, de assepsia e autoclavagem, e virá equipado com monitor multiparamétrico, aspirador cirúrgico, aparelho de anestesia inalatória e balança veterinária. Serão necessários um veterinário e dois auxiliares para a realização das cirurgias. A Sesa fará a contratação dos profissionais que vão atuar no serviço.

Esta é, inclusive, uma das etapas burocráticas que ainda deve ser concluída antes que o castramóvel passe a funcionar na prática. Conforme o secretário de Saúde do município, Régis de Oliveira Júnior, o veículo ainda precisará da homologação do Conselho de Medicina Veterinária e deverá ser elaborado o plano de atendimento nos bairros, além da contratação.

“Estamos avançando muito nos cuidados aos animais, e parte deste trabalho é o controle de zoonoses e de reprodução, por isso o castramóvel é muito importante. A Prefeitura se sente muito feliz e não vemos a hora que ele esteja nas ruas, porque vai se tornar uma referência no cuidado aos animais”, destacou o secretário.

A expectativa da secretaria é de que o veículo passe a funcionar até o fim do ano. A vencedora da licitação e construtora da unidade foi a empresa Rodogreen Implementos Rodoviários, do Paraná. A entrega estava prevista para até 90 dias após a assinatura do contrato. Nesta quarta-feira, 23, completam-se 76 dias da assinatura – portanto, dentro do prazo ainda que demore mais 14 dias.

LEIA MAIS: Castramóvel deve ser entregue em 90 dias