Online 09/11/2019 14h05 Atualizado às 08h45

Unindo gerações, pessoas e lugares: o Gaz é para todos

Seja no café da manhã, no almoço ou jantar, o portal é acessado pelos mais diferentes leitores

Todos os dias, quando acorda, dona Delci Rocha Heinen prepara o café da manhã, na casa onde mora há 50 anos. No auge dos seus 77, ela pega o lanche preparado e senta em frente ao computador, onde começa o dia: acessando o Portal Gaz. É da sala de casa, no Arroio Grande, que ela confere as notícias mais recentes.

Não muito longe dali, o professor de inglês Fidel Helfer, de 26 anos, prepara-se para a primeira aula do dia. Vai ser somente no intervalo de almoço, algumas horas depois, entre uma garfada e outra, que o também morador do Arroio Grande vai conseguir acessar o Gaz, rotina que cumpre religiosamente, praticamente todos os dias, na Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc).

O que os dois têm em comum? Eles estão entre as 25 mil pessoas, em média, que acessam diariamente o Portal Gaz. Fidel, do celular, e dona Delci, do computador, atualizam-se sobre os mais diversos assuntos durante o dia, desde polícia até comportamento e variedades.

Estes dois últimos assuntos, inclusive, estão na lista de preferidos do professor, que ainda destaca casa e decoração, saúde e horóscopo como os mais acessados por ele. Esporte (principalmente sobre o Grêmio) e shows também são os favoritos de Helfer. “Esses assuntos auxiliam a criar uma atmosfera menos pesada para o dia e também ajudam a nos dar ideias, conhecer novas coisas e aprender também. Esses dias vi uma reportagem sobre arrumar o guarda-roupa, superútil agora que está trocando a estação”, comenta.

Para o professor, que leciona na Educarse e no Centro de Línguas da Unisc, o Gaz prova sua importância no dia a dia. “Acredito que ter uma fonte de informação local auxilia nas peculiaridades da cidade e do cidadão santa-cruzense. Um portal de fora não conheceria o público daqui, com toda essa tradição do alemão e dos costumes e da cidade ‘pacata’, até certo ponto.”

É com as matérias de Oktoberfest, que evidenciam a cultura alemã, que ele mais se identifica. “Algumas reportagens sobre a Oktober foram bem bacanas, principalmente porque eu adoro a festa. Estou sempre trajado em outubro e participo dos desfiles, acredito que a cobertura do Gaz sobre a festa é uma parte bem importante e que me marcou”, lembra.

Foto: Bruno PedryFidel Helfer costuma acessar o Gaz pelo celular, durante o almoço
Fidel Helfer costuma acessar o Gaz pelo celular, durante o almoço

 

Dona Delci migrou para o online

Acostumada a ler as notícias no jornal impresso, dona Delci assinou o Portal Gaz neste ano e diz estar adorando. Hoje, ela acessa o site com mais frequência do que fazia antes, por dica do filho, Ricardo Luiz Heinen, de 46 anos. Ele que incentivou a viúva e dona de casa a assinar o conteúdo digital. “É muito prático”, conta dona Delci.

Ela preenche os dias com atividades físicas e tarefas da casa, mas sempre encontra um tempinho, às vezes mais perto da noite, para acessar novamente o Gaz e conferir as últimas publicações. Entre as preferidas, matérias de polícia, fatos de Santa Cruz do Sul e todas as que falam da novela preferida, A Dona do Pedaço.

Esporte, horóscopo e previsão do tempo também estão entre as acessadas pela santa-cruzense. “É importante ler para saber das atualidades, do que acontece na cidade e no Estado”, comenta.

Foto: Bruno PedryDona Delci usa o computador para se atualizar sobre as últimas notícias
Dona Delci usa o computador para se atualizar sobre as últimas notícias

10 ANOS DO PORTAL GAZ
Trajetória de sucesso: Gaz é o site mais lido no interior gaúcho
Unindo gerações, pessoas e lugares: o Gaz é para todos
A colaboração transforma leitores em parceiros do site
Quais são as dez matérias mais lidas em dez anos de Portal Gaz