Tradicionalismo 12/11/2019 06h53

Estrutura do Enart começa a ganhar forma no parque

Principal evento do calendário do MTG vai reunir 3 mil competidores de todo o Estado em Santa Cruz do Sul

O 34º Encontro de Artes e Tradição Gaúcha (Enart) aproxima-se do início da grande final em Santa Cruz do Sul. Os acampamentos começaram a ser erguidos no Parque da Oktoberfest à espera da abertura oficial, na sexta-feira à noite, com a chegada da imagem de Nossa Senhora Medianeira, trazida de Santa Maria. Até domingo, Santa Cruz do Sul vai receber 3 mil competidores das 30 Regiões Tradicionalistas, além das pessoas que dão suporte ou comparecem para apreciar o evento do Movimento Tradicionalista Gaúcho (MTG).

Geraldo Trindade da Silva, de 64 anos, tem um currículo de 24 acampamentos em Enart – desde o período em que se chamava Fegart e ocorria em Farroupilha. Ele chegou na sexta-feira com a esposa e afirma que a antecedência é pela necessidade de “montar as coisas com tempo”. Para Geraldo, é um lugar para fazer amizades sinceras. “Coleciono amigos por esse tempo que venho aqui. Faz bem para a alma, esqueço dos problemas. É o meu período de férias”, afirmou.

Na tarde dessa segunda, 11, Roberto Pinto Ribeiro, aposentado de 72 anos, descarregava materiais de um caminhão-baú com a família para organizar o Piquete do Galo Véio. Os santa-cruzenses acampam desde 1998 e ajudam a fazer a marcação das áreas para amigos de outros municípios. “Para ter graça, precisamos ficar pelo menos uma semana. A gente ajeita comida e bebida. Chega a reunir 30 pessoas aqui debaixo da lona”, relatou.

O CTG Lanceiros de Santa Cruz, representante local nas Danças Tradicionais Força A, espera repetir o desempenho dos últimos dois anos, quando o grupo ficou entre os dez melhores. Segundo o coordenador Fernando Schroeder, a última semana será de finalização. “Vamos ensaiar terça e quinta-feira. Agora é o momento de não perder o ritmo e dar firmeza aos movimentos”, observou. Na entrada e saída, as coreografias irão homenagear a poetisa e professora porto-alegrense Luciana de Abreu. Ela foi uma das primeiras mulheres a subir em uma tribuna para falar sobre direitos iguais para mulheres, em 1873. Também foi a primeira mulher a se tornar nome de rua no Rio Grande do Sul, em 1921. “A vida dela e a força da luta por liberdade e igualdade da mulher serão os focos da apresentação”, detalhou Schroeder. A pré-estreia das pilchas ocorreu no dia 1º.

Representante de Santa Cruz nas Danças Tradicionais Força A, o CTG Lanceiros fez a pré-estreia das pilchas no dia 1º de novembro

Com o atraso por causa de três recursos apresentados por entidades tradicionalistas que não concordaram com suas notas, a premiação do ano passado foi entregue depois da meia-noite de domingo para segunda-feira. O CTG Rancho da Saudade, de Cachoeirinha, foi o campeão das Danças Tradicionais Força A pela sexta vez. O CTG Aldeia dos Anjos, de Gravataí, é o maior campeão, com 11 títulos.

Ingressos
Ingresso por acesso: adulto – R$ 20,00. Criança de 10 a 12 anos – R$ 10,00. Idoso acima de 60 anos – R$ 10,00. Estudante com carteira – R$ 10,00.
Ingresso permanente: adulto – R$ 50,00. Criança de 10 a 12 anos – R$ 25,00. Idoso acima de 60 anos – R$ 25,00. Estudante com carteira – R$ 25,00.
Livre de cobrança: pessoas com deficiência, concorrentes credenciados, estudantes do ensino fundamental da rede pública de Santa Cruz do Sul credenciados e doadores de sangue credenciados no Hemovida de Santa Cruz do Sul.
Veículos (sem o valor do condutor e acompanhantes)*
Ônibus: R$ 150,00 Automóvel: R$ 50,00 Motocicleta: R$ 15,00
*Seguro incluso no valor

LEIA MAIS: Confira os valores dos ingressos para entrada no Enart