Solidariedade 24/11/2019 11h26

Moradora de Santa Cruz precisa de auxílio para realizar cirurgia

Giane Goulart, de 50 anos, caiu na calçada após descer de um ônibus no Bairro Faxinal Menino Deus

Depois que caiu na calçada, após ter descido do ônibus no Bairro Faxinal Menino Deus, em Santa Cruz do Sul, Giane Goulart, de 50 anos, nem poderia imaginar o que estaria por vir. Com a queda, em janeiro de 2018, teve início uma complicação que perdura até hoje. “Havia um buraco, no qual virei o pé e caí. Com isso, apareceu uma mancha na minha blusa e começou a sair secreção da minha barriga”, afirma a dona de casa. Após consulta médica, foi constatado um granuloma – um tipo de inflamação no tecido do organismo humano, em forma de nódulo.

A cirurgia para retirada ocorreu logo em seguida, por meio do Sistema Único de Saúde (SUS), mas sem sucesso. Após ficar um dia internada e voltar para casa, os pontos voltaram a se romper. Com isso, Giane deu início a uma rotina de consultas e curativos em postos de saúde até passar pela segunda intervenção cirúrgica, custeada pelo SUS, em maio daquele ano. Dessa vez, no entanto, permaneceu 21 dias no Hospital Santa Cruz (HSC). Ao retornar para o lar, os 21 pontos abriram-se novamente.

Cansada da situação, Giane agora quer realizar um procedimento particular. A terceira cirurgia está marcada para a tarde de 4 de dezembro, no HSC. Para viabilizá-la financeiramente, no entanto, ela pede o auxílio da comunidade. O valor total deve ficar próximo de R$ 10 mil. A filha Franciele Goulart Schlosser, de 19 anos, tem produzido doces caseiros para arrecadar recursos. Ela precisou trancar os estudos para cuidar da mãe.

“Já perdi um ano e pouco da minha vida. Estou só dentro de casa, sentada e deitada, em tratamento para depressão”, conta Giane. Ela precisa de auxílio para atividades básicas, como tomar banho. Para lidar com a dor, tem utilizado morfina. Moradora do bairro há 26 anos, também vive com a mãe, de 74 anos. As três contam com uma renda de em torno de um salário mínimo e meio, razão pela qual não consegue arcar com a cirurgia. Devido ao granuloma, ela tem perdido sangue, o que resultou em anemia

Giane Goulart sofre com um granuloma

Rede solidária
Quem tiver interesse em ajudar pode fazer depósito no Banrisul (agência 0343 e conta 35.146296.0-3), no nome de Giane Goulart, ou acessar a Vakinha online (http://vaka.me/771035). Além disso, é possível procurar a Associação de Moradores do Bairro Faxinal Menino Deus, que tem prestado auxílio.