Condecoração póstuma 02/12/2019 20h34 Atualizado às 08h51

Câmara de Vereadores presta homenagem a Marciele dos Santos Alves

Policial foi morta em confronto com quadrilha no Vale do Taquari na semana passada

Uma semana após a morte de Marciele dos Santos Alves, a Câmara de Santa Cruz prestou nesta segunda-feira, 2, uma homenagem à soldado da Brigada Militar que foi atropelada por uma caminhonete durante confronto com uma quadrilha em Sério, no Vale do Taquari. Em sessão solene, foi entregue uma condecoração oficial póstuma do Legislativo a familiares de Marciele.

LEIA MAIS: BM convida para missa em homenagem à soldado Marciele

A policial tinha 28 anos e estava na BM há sete. Proponente da homenagem, o vereador Gerson Trevisan (PSDB), que é policial civil, descreveu Marciele como uma profissional “abnegada e inteligente” e “um exemplo de dedicação e conduta”. Disse ainda que a tragédia abreviou uma carreira que tinha “um futuro promissor”. “Ela deu a sua vida para defender um dos nossos direitos mais sagrados enquanto cidadãos, que é a segurança”, falou.

Em nome da BM, o tenente-coronel Paulo Soares do Nascimento disse que a categoria está “em luto” e referiu-se a Marciele como “uma profissional diferenciada” e “uma heroína”.

Família recebeu a homenagen

LEIA MAIS
Morre policial militar do POE atropelada por assaltantes em Sério
Marciele foi a primeira policial mulher a morrer em ação no Estado