CARNAVAL 14/01/2020 09h24

Descida da Júlio ganha prêmio do governo federal

Sociedade Cultural e Beneficente União recebeu R$ 20 mil para a realização do desfile, que deve ocorrer neste ano em 7 de março

A quarta edição do projeto de Carnaval de Rua da Sociedade Cultural e Beneficente União, de Santa Cruz do Sul – a Descida da Júlio –, será financiada com R$ 20 mil, conquistados em um prêmio federal. A entidade conseguiu incluir o projeto no edital “Culturas Populares 2019”, lançado pela Secretaria Especial da Cultura do Ministério da Cidadania. A festividade deverá ocorrer em março, em data ainda a confirmar.

Segundo a diretora de Cultura da União, Marta Nunes, a proposta que foi vencedora havia sido elaborada para a Prefeitura de Santa Cruz do Sul, com a finalidade de captar recursos para o evento realizado desde 2018. “Ficamos muito felizes, pois esse projeto foi selecionado entre várias iniciativas culturais encaminhadas por entidades de todo o País”, comemora Marta.

O valor já está disponível para a sociedade, que vai utilizar os recursos para custear o desfile pela Rua Júlio de Castilhos, onde está localizada a sede social da entidade. “Essa é uma tradição muito antiga, que faz parte da nossa história. No passado, os registros mostram que era feita a subida da Júlio e os participantes usavam velas, pois a rua não era iluminada”, afirma a diretora de Cultura.

A data ventilada para a realização da quarta edição da Descida da Júlio é o sábado, dia 7 de março. “Ainda necessitamos confirmar se haverá Carnaval de rua, e em que dia será realizado o desfile. A intenção é que a descida, que recupera também a tradição das muambas carnavalescas, seja antes de um eventual desfile de Carnaval.”

Bailinho da Borges está confirmado para 15 de fevereiro, no Centro de Santa Cruz

Decisão deve sair no dia 20
O secretário municipal de Cultura, Edemilson Cunha Severo, explica que no próximo dia 20 ocorrerá uma reunião entre a pasta e representantes da Associação de Entidades Carnavalescas de Santa Cruz do Sul. “Nesse dia saberemos se o projeto que foi encaminhado pelas agremiações conseguiu captar recursos, via lei de incentivo à cultura federal, e qual será a necessidade de aporte de valores por parte do Município”, explica Severo. O horário da reunião ainda não foi definido.

Até o momento, segundo ele, o que está confirmado e com data para realização é a segunda edição do Bailinho de Carnaval da Borges, que ocorrerá no sábado, 15 de fevereiro, na Rua Borges de Medeiros, nas quadras entre as ruas Marechal Floriano e Marechal Deodoro, no Centro.
A iniciativa é da Secretaria Municipal de Cultura em parceria com o Serviço Social do Comércio (Sesc) e empresários da Rua Borges de Medeiros. O Bailinho da Borges ocorrerá das 17 horas à meia-noite.

LEIA TAMBÉM: União Corinthians confirma Carnaval de salão em 2020