BALANÇO DE 2019 14/01/2020 16h05 Atualizado às 16h21

Banco do Povo liberou R$ 1,8 milhão a empreendedores de Santa Cruz

Mulheres foram maioria dos que buscaram apoio para investir no último ano

O Banco do Povo liberou mais de R$ 1,8 milhão em créditos para 174 empreendedores de Santa Cruz do Sul no ano passado. O objetivo agora é buscar a ampliação da sua carta de empreendedores. O coordenador Paulo Mans informou que a expectativa é ter 30% a mais de clientes. Afirma que se trata de um número considerável, levando em conta que o empreendedor terá linhas de crédito com taxas e condições diferenciadas das demais instituições, sem falar nos prazos de pagamento.

Mans afirma que o principal objetivo do programa é movimentar a economia local e promover a geração de empregos. A prestação de serviços representou a maior parte dos contratos liberados no ano passado. “Apoiamos quatro equipes que trabalham com a instalação de placas solares. Alguns nos procuraram para financiar um veículo, outros porque precisavam de um reboque e equipamentos para realizarem seu trabalho.”

De todas as contratações firmadas, 60% correspondem à área de prestação de serviços e o restante são para o comércio, a indústria e a agricultura, que apresenta um índice menor. “Houve um tempo em que o comércio esteve à frente de todas as outras, mas hoje percebe-se que o quadro se reverteu, até pela questão do desemprego, que afetou muitas pessoas que optaram por empreender. É um reflexo”, advertiu. Sobre o perfil dos clientes, ele ressalta que a faixa etária está entre 35 e 50 anos, e a maioria é de mulheres.

Os empréstimos para capital de giro e fixo podem chegar a R$ 20 mil. O serviço está disponível para pessoas físicas e jurídicas. Mans avalia o custo-benefício para quem precisa do apoio do programa de microcrédito. “A principal vantagem do Banco do Povo é dar justamente apoio a quem busca investir. A burocracia é menor que de outras instituições e não exigimos abertura de conta, nem cobrança de taxa antecipada. E o cadastro é muito simples.”

O Banco do Povo é vinculado à Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo e funciona no Parque da Oktoberfest. O atendimento é de segunda a sexta-feira, neste mês ainda em turno único, entre 8 e 14 horas, sem fechar ao meio-dia. Mais informações pelo telefone (51) 2109 9270.

Redução

Em 2019, o número de operações de crédito realizadas pelo Banco do Povo de Santa Cruz do Sul foi inferior na comparação com 2018. As transações chegaram a R$ 1,8 milhão contra R$ 1,9 milhão no ao anterior. Em 2018, quase 3 mil pessoas procuraram o banco para buscar microcrédito ou outros produtos; já em 2019, esse número caiu para 953 . A quantidade de empreendedores também teve uma redução, de 204 para 174. No entanto, o tíquete médio, que é o valor dividido através do número de contratos, elevou-se de R$ 9 mil em 2018 para R$ 11 mil no ano passado.

LEIA TAMBÉM: Cerca de 26 mil carnês do IPTU 2020 foram pagos em cota única