Rio Pardo 10/02/2020 06h48

Festa do Peixe termina com público estimado em 80 mil pessoas

Nas duas unidades de um dos restaurantes mais tradicionais da Praia dos Ingazeiros, consumo superou 1,6 mil quilos

O tempo se manteve firme e reforçou o convite para o último fim de semana da 25ª Festa do Peixe, em Rio Pardo. Nem o calor intenso de sábado afastou os visitantes, que compareceram em grande número para prestigiar as atrações na Praia dos Ingazeiros.

Desde o dia 31 de janeiro, o público teve a oportunidade de aproveitar a programação organizada para a edição deste ano, com parque de diversões, feira da indústria e do comércio e praça de alimentação, onde o peixe foi novamente destaque. No total, 20 bares serviram pratos, petiscos e lanches.

Nos dois estabelecimentos do restaurante Costaneira, os proprietários calculam que foram vendidos mais de 1,6 mil quilos de peixe nos dez dias do evento. “Atendemos todos os dias à noite e nos domingos a partir do meio-dia, com bufê e à la carte. A traíra foi nossa estrela principal, mas também oferecemos tilápia, viola e bolinho de peixe”, conta o supervisor do Bar Costaneira, Diogo Zanadski. Em razão dos dias sem chuva, destaca que a média de vendas ficou acima de outros anos. “O público foi bem receptivo e recebemos muita gente de fora, de toda a região.”

Além da gastronomia típica, as pessoas puderam conferir as atrações culturais e fazer compras na feira de artesanato e nos estandes dos 18 expositores. O secretário de Turismo e Cultura, Júlio Cesar Granada da Silva, antecipa que em torno de 80 mil pessoas passaram pela Festa do Peixe – os números consolidados sobre público e movimentação financeira serão divulgados ao longo desta semana. “Tivemos dez dias maravilhosos, com uma ótima estrutura, grandes shows todas as noites e entrada gratuita, o que é um diferencial da nossa festa”, comenta.

LEIA MAIS: Último fim de semana para aproveitar a 25ª Festa do Peixe

No total, 20 bares serviram pratos, petiscos e lanches

Um domingo convidativo para aproveitar a estrutura

O casal Alci e Maria Melo, de 76 e 68 anos, aproveitou o domingo de temperatura mais amena para prestigiar a Festa da Peixe. Moradores da localidade de Passo da Areia, a aproximadamente 5 quilômetros da Praia dos Ingazeiros, os aposentados contam que fazem questão de curtir o evento todos os anos. “Viemos para saborear um peixinho no almoço e apreciar a vista do rio. Visitamos também toda a infraestrutura, está tudo muito bem organizado”, elogiou Melo.

Moradores de Santa Cruz do Sul, a técnica em enfermagem Josiane de Alexandrino Cortes, de 39 anos, e o consultor de vendas Marcelo Cortes, de 33, também visitam sempre a Festa do Peixe. Nesse domingo, 9, levaram a filha Lavínia de Alexandrino Cortes, de 3 anos, para aproveitar o parque de brinquedos. O dia especial também teve almoço em família com vista para o Rio Jacuí. “Somos frequentadores assíduos da praia e do restaurante flutuante. É sempre muito bom estar aqui”, comenta Josiane.


MAIS LIDAS