TRANSFORMAÇÃO 17/03/2020 13h36

Sombrinhas ganham novos usos por meio da reciclagem

Projeto do Grupo Escoteiro Santa Cruz transforma peças em travesseiros, almofadas e caminhas para animais de estimação

Muita gente não sabe o que fazer com sombrinhas ou guarda-chuvas quebrados ou inutilizados. Quem não está disposto a investir no conserto, não precisa necessariamente jogar os objetos no lixo: é possível reciclar. O Grupo Escoteiro Santa Cruz aposta em um projeto socioambiental para reaproveitamento dessas peças, que são transformadas em travesseiros, almofadas e caminhas para animais de estimação. Aproximadamente 280 sombrinhas já foram recicladas e ganharam novas utilidades.

A contadora Carmem Jurema Koehler, diretora de métodos educativos do grupo, ressaltou que a ação ambiental faz parte de uma série de projetos desenvolvidos pelos mais de cem escoteiros em favor do social e do ambiental. A proposta foi lançada pela própria Carmem e abraçada por todos. Há pouco tempo, o Grupo Escoteiro Santa Cruz foi contemplado com uma verba do Sicredi para ampliar a iniciativa, que se propõe a ajudar entidades de proteção animal do município.

A escoteira informou que o resultado da reciclagem foi apresentado para os protetores de animais na tarde do último dia 7. A primeira ONG beneficiada será a Cavalo de Lata, que receberá subsídios para castração de dois equinos. “Com a venda das peças, vamos reverter os valores em serviços e atendimentos para as entidades favorecidas.” Até o momento, foram confeccionados cem travesseiros e almofadas e 30 caminhas para pets, com estampas coloridas e impermeáveis.

Os interessados em adquirir os objetos reciclados podem procurar o grupo durante as reuniões, que acontecem nos sábados à tarde, na Rua Coronel Oscar Jost, 1.551, fundos. Outra opção é mandar mensagem pelo e-mail carmem.koehler@hotmail.com. Entidades de proteção animal que desejam ser contempladas também podem entrar em contato e expor suas necessidades, como compra de medicamentos, quitação de dívidas e custeio de tratamentos, dentre outros.

LEIA TAMBÉM: Projeto Repensar terá ações mensais de incentivo a práticas sustentáveis

Saiba mais
Até o momento, em torno de 280 sombrinhas e guarda-chuvas foram reciclados e transformados em almofadas, travesseiros e caminhas para animais de estimação. As peças foram confeccionadas por duas costureiras do grupo após passarem por um processo de higienização. Selos do Sicredi e do Grupo Escoteiro Santa Cruz identificam os objetos, preenchidos com espuma e fibras especiais. “São itens coloridos e impermeáveis, que garantem mais praticidade e higiene”, reforçou Carmem Jurema Koehler, diretora de métodos educativos do grupo.

As almofadas e travesseiros pequenos custam R$ 15,00, os médios R$ 20,00 e as camas para pets, R$ 70,00. “Nossa ideia é dar continuidade ao projeto e tirar mais sombrinhas e guarda-chuvas do meio ambiente.” No processo de reciclagem, o alumínio é revertido para a Cooperativa de Catadores e Recicladores de Santa Cruz do Sul (Coomcat).

Outro projetos
O Grupo Escoteiro Santa Cruz mantém diversos projetos ambientais, como o recolhimento e correta destinação de tampinhas plásticas, lacres de alumínio, óleo saturado, pilhas e baterias e até escovas de dente usadas. Outro projeto é o Semear, voltado ao recolhimento de sementes e plantio de árvores nativas, especialmente as que possuem maior período de floração para ajudar as abelhas sem ferrão.

LEIA TAMBÉM: Oficinas ensinam a transformar bitucas de cigarro em artesanato