coronavírus 24/04/2020 06h36 Atualizado às 20h22

Microcrédito pode injetar R$ 5 milhões na economia de Santa Cruz

Objetivo de programa que será viabilizado por meio do Banco do Povo é mitigar os prejuízos gerados pela pandemia no município

Até R$ 5 milhões serão injetados na economia de Santa Cruz por meio de um programa de microcrédito com juros subsidiados pela Prefeitura voltado a autônomos e pequenos empreendedores. O objetivo é mitigar os impactos da pandemia do novo coronavírus.

O intermediador dos financiamentos será o Banco do Povo, mas os recursos virão de agências de fomento, sobretudo o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Concebido pela equipe econômica do Palacinho e aprovado na última segunda-feira pela Câmara de Vereadores, o programa prevê que o Município vai subsidiar 50% da taxa de juros, que será de 3,5% ao mês – ou seja, para o tomador, o juro será de 1,75% e o restante vai ser quitado pela própria Prefeitura.

Com valores de financiamento que podem variar de R$ 600,00 a R$ 5 mil, o objetivo da iniciativa é atingir empreendedores que têm mais dificuldade de acesso a linhas de crédito tradicionais.

LEIA MAIS: Projeto de lei cria programa de recuperação de renda em Santa Cruz

Segundo o coordenador do departamento de projetos urbanos e obras públicas da Prefeitura, Jeferson Gerhardt, devido aos efeitos da paralisia na atividade econômica em razão da pandemia, o governo decidiu disponibilizar um montante extra para distribuição por meio de microcrédito. Em média, cerca de R$ 2 milhões são financiados por meio do Banco do Povo a cada ano em Santa Cruz.

Ainda conforme Gerhardt, o impacto do programa sobre os cofres municipais vai depender da demanda, mas pode ser de até R$ 200 mil neste ano, caso todo o recurso disponível seja contratado.

LEIA TAMBÉM: Banco do Povo liberou R$ 1,8 milhão a empreendedores de Santa Cruz

Entenda como funciona

Quem pode acessar o programa?
Profissionais autônomos, lojistas, comerciantes, prestadores de serviços, micro e pequenas empresas, empreendedores informais e MEIs.

Que tipo de garantia preciso dar ao fazer o financiamento?
É necessário apenas um avalista, que não pode ser do mesmo núcleo familiar (marido ou esposa, por exemplo).

Preciso comprovar algum prejuízo decorrente da pandemia?
Não, basta comprovar a atividade produtiva.

Que tipo de documentação preciso apresentar?
É preciso apresentar cópia nítida do RG e CPF ou CNH, cópia do comprovante de residência atual, cópia do comprovante de endereço comercial (se tiver), cópia do comprovante de renda de outra atividade (se tiver), cópia do RG, CPF e renda do cônjuge (se tiver) e cópia nítida da certidão de nascimento ou de casamento/união estável. Caso tenha CNPJ (ME ou LTDA.), é preciso apresentar também o contrato social da empresa.

Já é possível encaminhar o financiamento? Qual o procedimento?
Sim, já é possível solicitar. O primeiro passo é agendar o atendimento pelo telefone 9 9904-5004, 9 9728-7527, 373-1288 ou 2109-9270. O Banco do Povo fica no Parque da Oktoberfest (à direita, entrando pelo pórtico principal) e funciona das 8 horas às 11h45 e das 13 horas às 16h45. Devido à previsão de aumento na demanda, também haverá atendimento junto ao antigo Espaço Assemp (à esquerda, entrando pelo pórtico principal).

LEIA TAMBÉM: Brasil tem mais de 400 mortes por coronavírus em 24 horas

Qual valor eu posso financiar?
De R$ 600,00 a R$ 5 mil, de acordo com a necessidade.

Posso financiar mais de R$ 5 mil?
Sim, mas nesse caso o juro será mais caro, porque não haverá o subsídio da Prefeitura.

Qual prazo para quitar o financiamento e qual o juro?
O prazo é de até 24 meses, incluindo até seis meses de carência. A taxa de juros para o tomador será de 1,75% ao mês e também vai incidir no período de carência.

Como vou comprovar a minha atividade?
Após a solicitação do financiamento, será feita uma visita técnica para comprovação da atividade produtiva.

Em quanto tempo o dinheiro será depositado na minha conta?
A partir da aprovação do financiamento, o tempo estimado é sete dias.

O financiamento precisa ter uma finalidade específica?
Não. Pode ser tanto para algum investimento quanto para fluxo de caixa. Não é preciso comprovar posteriormente a aplicação do recurso.

Moro em Santa Cruz, mas minha atividade é em outro município. Posso acessar o programa?
Não, é preciso que o empreendimento seja em Santa Cruz.

Preciso ter CNPJ para acessar o programa?
Não, é possível fazer o financiamento como pessoa física.

LEIA MAIS: ACOMPANHE A COBERTURA COMPLETA SOBRE O CORONAVÍRUS