Coronavírus 10/05/2020 20h56 Atualizado às 21h22

Secretaria de Saúde aponta surto de Covid-19 em clínica geriátrica

Entre os casos confirmados estão residentes, profissionais da saúde, familiares, colaboradores e prestadores de serviços

A Secretaria Municipal de Saúde (Sesa) de Santa Cruz do Sul informou na noite deste domingo, 10, que há um surto de Covid-19 na clínica geriátrica Laranjeiras. A Prefeitura havia divulgado que nove casos foram identificados na empresa, que divulgou uma nota ao Portal Gaz no fim da tarde confirmando apenas oito casos.

Até as 19 horas deste domingo, Santa Cruz registrou 28 casos confirmados de Covid-19. Outros 10 casos foram confirmados no município, mas são moradores de outras cidades. Entre eles, pessoas ligadas à clínica geriátrica. Conforme a Sesa, até agora 12 casos relacionados ao surto na clínica já foram confirmados.

LEIA MAIS: Clínica geriátrica divulga nota após registrar casos de Covid-19

A classificação usada pela pasta como surto decorre da portaria nº289/2020, da Secretaria Estadual de Saúde, que define surto quando há “presença de dois ou mais casos de síndrome gripal, com intervalo de 7 dias entre as datas de início dos sintomas dos casos, em uma mesma instituição”. Confira na íntegra o que diz a Sesa:

  • Entre os casos confirmados na clínica Laranjeiras, estão residentes (idosos), profissionais da saúde, familiares de profissionais, colaboradores e prestadores de serviços.
  • A Secretaria Municipal de Saúde investiga um óbito relacionado à clínica.
  • O Município encaminhou notificação à funerária e à clínica geriátrica para prestarem mais informações à Secretaria Municipal de Saúde.
  • A Vigilância Sanitária realizou inspeção sanitária nas duas instituições da clínica Laranjeiras ainda na noite de sábado, 9.
  • No Hospital de Campanha, foram realizados 27 testes rápidos em pessoas relacionadas aos casos da clínica e a prestadores de serviços da Laranjeiras.
  • A Vigilância Sanitária realizou 6 testes rápidos na clínica geriátrica ainda no sábado, 9.
  • Serão realizados testes de PCR (que detecta a presença do vírus no organismo) em residentes da clínica com suspeita de coronavírus e em pessoas sintomáticas que tiveram contato com os casos.
  • Todas as pessoas que entraram em contato com os pacientes com Covid-19 e que apresentarem sintomas gripais devem procurar, imediatamente, atendimento médico no Hospital de Campanha.
  • De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde, as pessoas do mesmo local de trabalho dos casos confirmados, se assintomáticas, deverão utilizar máscaras durante as atividades e em casa. Após 10 dias, deverão realizar teste de Covid-19. Em caso de sintomas, deverão ser imediatamente afastadas e permanecer em isolamento domiciliar.
  • De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde, familiares (que moram no mesmo local) de paciente com Covid-19 confirmada deverão permanecer em isolamento domiciliar por 14 dias.
  • A Vigilância Epidemiológica iniciou o mapeamento de todos os possíveis contatos dos casos confirmados, relacionando equipes de saúde, prestadores de serviços e outros.
  • Três residentes ligados à clínica estão internados, sendo que dois deles tiveram a doença confirmada e um fez coleta para teste de PCR no Laboratório da Unisc.
  • A Prefeitura publicou neste domingo um decreto que dispõe de medidas de prevenção, monitoramento e controle à Covid-19, as quais deverão ser adotadas pelas Instituições de Longa Permanência de Idosos (ILPIs).
  • Neste sábado, 9, o secretário municipal de Saúde, Régis de Oliveira Júnior, técnicos e a promotora do MP, Catiuce Ribas Barin, fizeram reunião online com todas as Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPIS), com o objetivo de reforçar as orientações quanto aos cuidados com os residentes para evitar a infecção por coronavírus.
  • No dia 17 de março, a Secretaria Municipal de Saúde solicitou às clínicas geriátricas que informassem até o dia seguinte os nomes dos residentes, idades, se possuíam plano de saúde privado e em qual modalidade, nome do responsável, telefone de contato, além de indicação de um responsável técnico pela instituição.
  • O secretário municipal de Saúde, Régis de Oliveira Júnior, a secretária de Estado, Arita Bergmann, e técnicos da Vigilância Epidemiológica Estadual, discutiram durante o fim de semana os próximos passos que deverão ser tomados em relação ao surto de Covid-19 na clínica geriátrica.

Rio Pardo confirma terceiro caso

A Secretaria Municipal da Saúde confirmou neste domingo, 10, mais um caso reagente ao Covid-19 no município de Rio Pardo. A paciente do sexo feminino, 47 anos, é funcionária da instituição de longa permanência de idosos no município de Santa Cruz do Sul e realizou um teste rápido que resultou como reagente ao Covid-19.

O teste rápido foi realizado mesmo a paciente estando assintomática, pois a instituição onde trabalha apresentou um surto da doença fazendo com que pacientes e trabalhadores fossem testados em massa. A paciente e seus familiares foram colocados em isolamento domiciliar e serão monitorados pela equipe da Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal da Saúde.

LEIA MAIS: ACOMPANHE A COBERTURA COMPLETA SOBRE O CORONAVÍRUS