Linha do tempo 10/05/2020 21h19 Atualizado às 17h01

Como foram os primeiros 100 dias de enfrentamento à Covid-19 em Santa Cruz

A doença que tem angustiado o mundo inteiro desde o começo do ano – quando foi noticiada – também chegou ao município, como já era esperado.

Nesse sábado, Santa Cruz do Sul completou 105 dias de batalha contra um inimigo invisível: o novo coronavírus. A doença que tem angustiado o mundo inteiro desde o começo do ano – quando foi noticiada – também chegou ao município, como já era esperado.

Há mais de três meses, a Secretaria Municipal de Saúde vem se preparando para o problema. Os esforços antecipados renderam à Prefeitura uma situação mais confortável em relação a outros lugares do país. A Administração atribui os resultados positivos obtidos até aqui às medidas determinadas pelo Executivo local, às recomendações do Gabinete de Emergências e ao apoio de boa parte da população.

LEIA MAIS: Secretaria de Saúde aponta surto de Covid-19 em clínica geriátrica

“Nos antecipamos para podermos preparar a nossa rede de saúde para atendimentos de casos suspeitos de Covid-19. Reforçamos a importância das ações individuais e, graças a essa soma de esforços, estamos numa situação um pouco mais tranquila”, comentou o prefeito Telmo Kirst.

A Prefeitura prorrogou o prazo das regras para funcionamento do comércio até este domingo. O Município informou que aguardaria pelo decreto do Estado, com normas de distanciamento, para publicar o novo documento, abrangendo os demais setores da economia. Ao lado, confira a linha do tempo das principais ações realizadas desde o início do enfrentamento à Covid-19.

LINHA DO TEMPO
25/01/2020:
a equipe da Vigilância Epidemiológica do município fazia os primeiros contatos com fumageiras, agências de viagens, empresas de transporte público, hotéis, indústrias, empresas de grande porte ou que atendam outros países para fazer um levantamento quanto a visitantes estrangeiros em Santa Cruz do Sul ou moradores locais em outros países.

27/01/2020: a Vigilância Epidemiológica repassava as primeiras orientações e notas técnicas a empresas com as quais havia feito contato dois dias antes.

28/01/2020: a Secretaria Municipal de Saúde realizava a primeira reunião para traçar estratégias de atendimento a pacientes suspeitos no Hospital Santa Cruz.

31/01/2020: profissionais da Secretaria Municipal da Saúde iniciavam as capacitações sobre prevenção à Covid-19 e fluxos de atendimentos.

07/02/2020: chegada de três chineses que moram em Santa Cruz do Sul e trabalham no município. Desde então, começaram a ser vítimas de xenofobia na comunidade. Ficaram em isolamento, fizeram exames e não tiveram coronavírus confirmado.

12/02/2020: o secretário municipal de Saúde, Régis de Oliveira Júnior, se reuniu em Porto Alegre com a secretária estadual da Saúde, Arita Bergmann, para discutir a situação e as medidas que deveriam ser tomadas.

13/02/2020: em conversa com o secretário-executivo do Ministério da Saúde, João Gabbardo, e com o secretário nacional de Vigilância em Saúde, também do Ministério da Saúde, Wanderson de Oliveira, o secretário Régis de Oliveira Júnior solicitou orientações sobre como proceder no enfrentamento. Dia em que iniciaram as reuniões com responsáveis pelos condomínios onde havia residentes chineses.

26/02/2020: apresentação do plano de contingenciamento da Covid-19 em Santa Cruz do Sul detalhando fluxos, ações e medidas de prevenção.

27/02/2020: registro da primeira notificação de caso suspeito de coronavírus em Santa Cruz, referente a um paciente que havia retornado da Europa.

03/03/2020: notificação do segundo caso suspeito de coronavírus em Santa Cruz. O resultado também deu negativo.

06/03/2020: resultado do primeiro exame de Covid-19 em Santa Cruz. Deu negativo para a doença.

17/03/2020: Santa Cruz já contava com 27 notificações de suspeita do novo coronavírus. Data em que a Prefeitura publicou o primeiro decreto de enfrentamento à Covid-19 e que foi criado o Gabinete de Emergências, formado por diversas entidades do município.

19/03/2020: foi quando o prefeito Telmo Kirst declarou estado de calamidade pública em Santa Cruz. Nesse dia, determinou o fechamento de diversos estabelecimentos no município e definiu regras para funcionamento de serviços essenciais.

23/03/2020: início de atendimentos no Hospital de Campanha, no Ginásio Poliesportivo. Naquela semana, também houve os primeiros registros de pacientes internados no Hospital Santa Cruz com suspeita da doença. Foram três pessoas entre segunda e sexta.

05/04/2020: primeiro caso confirmado de Covid-19 em Santa Cruz. Um homem de 48 anos, que esteve em Santa Catarina a trabalho, se infectou.

06/04/2020: início das triagens em parceria com o 7ª BIB para verificação da temperatura de motoristas e passageiros em Santa Cruz. Ao fim das duas etapas, foram 17,4 mil aferições realizadas.

10/04/2020: primeiro óbito por Covid-19 em Santa Cruz. Um paciente que foi transferido de Encruzilhada do Sul morreu. Estava internado no Hospital Santa Cruz e teve a doença confirmada.

11, 12 e 13/04/2020: realização de testes rápidos para pesquisa da UFPel, com o objetivo de identificar o percentual de pessoas infectadas no município.

14/04/2020: o primeiro morador de Santa Cruz que teve Covid-19 confirmada foi liberado do isolamento.

17/04/2020: três novos casos de coronavírus foram confirmados em Santa Cruz por testes rápidos feitos na rede privada. Um dos pacientes é morador do município.

20/04/2020: reabertura do comércio em Santa Cruz, com medidas de segurança.

23/04/2020: o Hospital de Campanha completou um mês de funcionamento, com uma média de 15 atendimentos por dia – foram 440 pacientes até essa data.

27/04/2020: início das triagens realizadas pela Secretaria de Saúde nas paradas de ônibus do Centro. Mais de 8 mil já passaram pelas aferições.

29/04/2020: a Secretaria Municipal de Saúde anunciou o investimento de R$ 1,4 milhão na locação de dez leitos de UTI para Santa Cruz.

05/05/2020: a Vigilância Sanitária atingiu a marca de 1.005 estabelecimentos notificados por descumprimento do decreto municipal.

06/05/2020: o primeiro morador de Santa Cruz que precisou ficar internado na UTI por causa da Covid-19 teve alta. O município também passou a considerar transmissão comunitária da doença.

08/05/2020: Santa Cruz já tem 15 casos confirmados de Covid-19, sem óbito de morador do município. A Prefeitura anuncia que o uso de máscaras passa a ser obrigatório a partir da próxima segunda-feira.

LEIA MAIS: ACOMPANHE A COBERTURA COMPLETA SOBRE O CORONAVÍRUS