Respeitando o distanciamento 26/06/2020 22h58

Placa de acrílico permite visitas seguras a moradores de residencial

Material, instalado no Residencial Laranjeiras, permite que internos recebam o carinho e a atenção de seus parentes

Lidar com a saudade dos residentes de casas geriátricas não tem sido fácil durante a pandemia, por conta das normas de isolamento social de pessoas que, em sua maioria, fazem parte do grupo de risco. No entanto, uma mesa com uma placa de acrílico está permitindo que os moradores do Residencial Laranjeiras, em Santa Cruz do Sul, recebam carinho e atenção de seus parentes, respeitando o distanciamento. Em breves visitas, os familiares podem conversar com a proteção fornecida pela barreira.

De acordo com a assessoria de imprensa do residencial, a iniciativa reforça o cuidado familiar, a humanização e a proximidade. Na clínica, já não há nenhum residente ou funcionário com a Covid-19 e todos os cuidados estão sendo tomados para que assim se mantenham. As visitas são agendadas, com uma pessoa por vez, e duram cerca de 15 minutos. Medição de temperatura, uso de máscara, higienização e ambiente arejado fazem parte dos procedimentos a fim de garantir a segurança.

LEIA TAMBÉM: Região de Santa Cruz se mantém com bandeira laranja na próxima semana

A professora Angela Felippi, que é sobrinha da residente Iolanda Inez Trevisan, estava desde março sem ver a tia, da qual é responsável. “Eu ligava, eles enviavam fotos e mantivemos o contato distanciado”, conta. Quando surgiu a oportunidade de fazer uma breve visita, de apenas 15 minutos, ela aproveitou para matar a saudade. “É muito bom poder ter a certeza de que a pessoa está bem, e ao mesmo tempo não me sinto mal de estar lá, com mais segurança.” Angela relata que achou a iniciativa muito correta e aprovou as medidas pensando no coletivo.

LEIA MAIS: ACOMPANHE A COBERTURA COMPLETA SOBRE O CORONAVÍRUS