SAÚDE 30/06/2020 17h58 Atualizado às 18h57

Vacina contra a gripe será liberada à população nesta quarta-feira

Campanha nacional termina nesta terça-feira. Em Santa Cruz, meta de 90% do público-alvo imunizado não foi atingida

Com a campanha nacional de vacinação contra a gripe encerrada nesta terça-feira, 30, sem atingir a meta de 90% do público-alvo em Santa Cruz do Sul, as doses restantes serão liberadas para a população, em geral, a partir desta quarta-feira, 1º. De acordo com o coordenador do Setor de Imunizações da Secretaria Municipal de Saúde, Róger Rodrigues Peres, as vacinas poderão ser feitas nos postos de saúde e no SIS da Unisc.

Em Santa Cruz, a cobertura vacinal foi de 72,6%, o que significa que 45.265 das 62.349 pessoas que pertencem ao grupo de risco determinado pelo Ministério da Saúde foram vacinadas. Outras 7.970 pessoas se imunizaram na rede privada, totalizando 53.235 doses aplicadas no município.


LEIA MAIS: Vacinação da gripe termina com cobertura de 81,91%

Conforme o coordenador, o pior desempenho foi do grupo de deficientes. O público estimado pelo Ministério da Saúde era de 4.373 pacientes. No entanto, apenas 164 foram vacinados. Entre os que atingiram ou até passaram a meta, estão os idosos, profissionais da saúde e da segurança.

Peres destaca que a campanha deste ano foi atípica em razão da pandemia, o que pode ter comprometido os resultados. Além disso, acredita que a inclusão de novos grupos, como motoristas profissionais, pode ter impactado a porcentagem de imunizados, já que aumentou significativamente o número de pessoas. “Mas embora a campanha tenha se encerrado, quem pertence ao público-alvo ainda deve se vacinar. A diferença é que a imunização também estará garantida para outras pessoas”, comenta.


Triagens

Com o fim da vacinação na Casa da CDL, a Secretaria Municipal de Saúde também encerrou nesta terça as triagens que eram realizadas no local. Só nesse local, 5.394 pessoas tiveram a temperatura verificada. O objetivo era identificar possíveis infectados pelo novo coronavírus, já que a febre é um dos sintomas mais comuns.

No total, em todas as ações no municípío, 41.743 passaram pela triagem e nenhuma delas apresentava febre. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, as triagens foram importantes para fazer uma acompanhamento da Covid-19 em pessoas que estavam nas ruas, além de poder orientar a comunidade sobre os cuidados.

LEIA TAMBÉM: Santa Cruz do Sul tem oito novos casos de Covid-19 confirmados