Contra o frio 04/07/2020 08h20

Confira as opções para aquecer a casa no inverno

Consumidores podem escolher entre os fogões a lenha tradicionais, os calefatores e os aparelhos de ar-condicionado

O inverno chegou e as temperaturas dos últimos dias fazem jus à estação mais fria do ano. Na intenção de tornar o lar mais aconchegante, muitas pessoas buscam recursos que espantem a sensação congelante. E, para ajudar na escolha, fomos atrás de dicas em três lojas.

Na Afubra, as opções são variadas. Conforme a gerente Nádia Rohr, os fogões a lenha tradicionais são os mais procurados, inclusive os modelos coloridos. “O que aumentou muito foi a venda dos fogões com tampo de vidro”, destaca. O saco de lenha de eucalipto com dez quilos é vendido por R$ 13,90.

Loja da Afubra dispõe de um linha variada de fogões a lenha, que são os mais vendidos neste período

LEIA MAIS: Reformulados, fogões a lenha voltam à moda

Já na Luxus Acabamentos, os calefatores custam R$ 1.990,00. Os chilenos, que consomem até oito vezes menos lenha graças ao sistema de dupla combustão, ficam na faixa de R$ 6.999,00 a R$ 7.890,00. A abrangência do calor é de até 180 metros quadrados. “Como tem um vidro protetor, não há risco de uma fagulha provocar um incêndio. Como gera menos fuligem, a limpeza é mais fácil”, enfatiza a consultora de vendas Sônia Sehnem. A lareira para ser embutida na alvenaria custa R$ 6.998,00. O modelo para utilização com etanol sai por R$ 3.235,00.

A MM trabalha especificamente com ar-condicionado. Os valores dependem da cotação do dólar e da disponibilidade em estoque nos fornecedores. Um aparelho de 9 mil BTUs no modelo convencional pode variar entre R$ 1.114,00 e R$ 1.258,00. No caso de aparelhos com 12 mil e 18 mil BTUs, o custo se eleva entre R$ 200,00 e R$ 700,00, de acordo com a marca. Os aparelhos com a tecnologia inverter, para redução no consumo de energia, partem de R$ 1.469,00 na potência 9 mil BTUs. “Os valores da instalação variam conforme o local, o material utilizado e a potência do aparelho. Varia de R$ 250,00 a R$ 350,00”, detalha o proprietário Marcius Madsen. A recomendação é fazer a manutenção entre seis meses e um ano.

MM tem ar-condicionado tradicional e com tecnologia Inverter. Valores dependem do dólar e da disponibilidade dos fornecedores

LEIA TAMBÉM:
Temperatura despenca e eleva procura por abrigo
Santa Cruz registra a menor temperatura do ano durante a madrugada