Economia 11/07/2020 10h26

Gasolina subiu e vai subir de novo em Santa Cruz

Levantamento da Gazeta do Sul mostra que preço médio, na condição à vista, era de R$ 4,49 nessa sexta-feira

Em uma semana, o preço do litro da gasolina comum subiu R$ 0,47 em Santa Cruz do Sul. O levantamento feito em 1º de julho apontou que o valor médio da comum era de R$ 4,02; já na pesquisa realizada nessa sexta-feira, 10, estava em R$ 4,49. No próximo dia 16, outro reajuste no ICMS deve impactar mais uma vez no preço pago pelo consumidor.

Após anúncios seguidos por parte da Petrobras, o valor médio do litro da gasolina comum em Santa Cruz do Sul alcançou o patamar de R$ 4,49. O verificado pela Gazeta do Sul nessa sexta-feira é R$ 0,47 mais alto que o pesquisado no início do mês. O preço mais baixo encontrado foi de R$ 4,39, todos para pagamento em dinheiro ou em cartão de débito. Para clientes cadastrados em programas de fidelidade das refinarias, o mais baixo ficou na faixa de R$ 4,27.

LEIA MAIS: Petrobras anuncia reajuste de 5% para a gasolina nas refinarias

Na próxima quinta-feira, 16, um novo reajuste deve ocorrer. O alerta partiu do Sindicato Intermunicipal do Comércio Varejista de Combustíveis e Lubrificantes do Rio Grande do Sul (Sulpetro-RS). Conforme a entidade, o preço médio no Estado, utilizado para cálculo do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), impulsionará para cima o valor.

Este reajuste ocorre porque quando a distribuidora emite a nota fiscal com a gasolina para ser vendida nos postos, o valor que o revendedor paga já vem tributado, conforme o preço médio, com o ICMS. Assim, quanto mais alto for o valor usado para o cálculo do imposto – chamado de preço de pauta –, maior acaba sendo o custo final da gasolina para o consumidor. O preço de pauta é revisado pelo governo do Estado a cada 15 dias.

LEIA MAIS: Gasolina pode ser encontrada por R$ 4,05 em Santa Cruz