Novo procedimento 01/08/2020 21h10

IPE credencia tratamento pioneiro na região dos Vales

Servidores públicos cadastrados na instituição terão acesso a oxigenoterapia hiperbárica, serviço considerado inovador

Os servidores públicos estaduais de Santa Cruz do Sul vinculados ao Instituto de Previdência do Estado (IPE) ganharam uma nova oportunidade de tratamento médico na tarde dessa sexta-feira, 31. Trata-se da oxigenoterapia hiperbárica, oferecida pelo Instituto de Medicina Hiperbárica do Brasil (Imeb), tratamento inovador na região dos Vales do Rio Pardo e Taquari, e no Centro-Serra.

Durante o ato de assinatura do credenciamento, estiveram presentes o diretor-presidente do IPE, Marcus Vinícius Vieira de Almeida, e o médico Marcelo Dotto, um dos responsáveis pelo Imeb. Ele explicou que a oxigenoterapia hiperbárica é um tratamento inovador na medicina, que consiste em submeter o paciente a uma câmara pressurizada respirando 100% de oxigênio, enquanto a concentração de oxigênio na atmosfera é de aproximadamente 21% ao nível do mar.

LEIA TAMBÉM: IPE destina R$ 65 milhões a hospitais para fortalecer capacidade de internações

O procedimento é indicado para diversas patologias, mas tem especial eficácia no tratamento de feridas de difícil cicatrização. “Dentro da câmara o paciente respira 100% de oxigênio, mas devido à pressão que é colocada, que é três vezes a pressão atmosférica, é como se em vez de 21% de oxigênio no sangue, a pessoa tivesse 250%”, explica Dotto. Essa diferença faz com que o sangue chegue com uma grande concentração de oxigênio aonde antes não chegava, facilitando a cicatrização e evitando eventuais amputações. Também é eficaz para tratar a doença de Alzheimer e até mesmo intoxicações.

Em relação à situação econômica do IPE, que vinha causando, entre outros efeitos, a perda de profissionais, Almeida afirmou que a instituição está em recuperação e reestruturação. Neste ano conseguiu equilibrar suas contas, ficando em superávit (receitas maiores que despesas) desde o início deste ano. O novo desafio, agora, é recuperar a credibilidade do instituto, tanto diante dos prestadores de serviço quanto da população gaúcha.

LEIA TAMBÉM: IPE Saúde anuncia repasse de R$ 30 milhões a hospitais

Seis especialidades médicas credenciadas

Ainda na tarde de sexta-feira, o diretor-presidente do IPE realizou o credenciamento de novos profissionais, que agora passam a integrar o quadro de médicos disponíveis para os usuários de Santa Cruz e região. Marcus Almeida comemorou, afirmando que esse processo faz parte da recuperação do instituto, e adiantou que entidades de classe, como a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e outras, estão em negociação para que seus filiados também passem a usufruir dos serviços do IPE.

Outra informação relevante diz respeito à oferta de consultas. De acordo com Almeida, o número de atendimentos chegou a ter redução de 40% no início da pandemia, número que hoje está em aproximadamente 25% e, na soma, corresponde a cerca de 200 mil pessoas que deixaram de consultar. Essa diferença deverá ser percebida no futuro, quando todos esses usuários retomarem a procura por atendimento, o que deve provocar atrasos em razão das agendas lotadas.

Com a presença do diretor-presidente do IPE, médicos assinaram seu credenciamento | Foto: Iuri Fardin

Foram credenciados médicos de seis especialidades diferentes: o oftalmologista Adriano Schafer, a endocrinologista Daniele Maieron, a pediatra Alin Berbigier, a infectologista Gabriela Caeran, a reumatologista Micheline Sulzbacher e o cirurgião-geral Carlos Eduardo Drummond. Após a finalização dos trâmites burocráticos, a previsão é de que na semana que vem os profissionais já estejam com a agenda disponível para atendimentos pelo IPE.

LEIA MAIS: Centro oferece consultas com pediatra via IPE em Santa Cruz