Insegurança 04/08/2020 13h55 Atualizado às 19h56

Fiscal tem casa atingida por tiros em Rio Pardo

Conforme a Prefeitura, atentado está vinculado às ações de fiscalização no município

Um funcionário da Fiscalização Municipal de Rio Pardo teve a casa alvejada por tiros na noite dessa segunda-feira, 3. Conforme a Prefeitura, o atentado aconteceu por volta das 21 horas, quando o condutor de um automóvel disparou contra a residência do servidor e fugiu em alta velocidade. Ninguém ficou ferido.

Os tiros atingiram a porta da garagem da casa e o veículo da família. Ainda de acordo com a Prefeitura, já existe suspeito para a autoria dos disparos e o atentado está vinculado às ações de fiscalização no município. “As cobranças de monitoramento pela comunidade são constantes, contudo, esbarram na truculência de algumas pessoas que não colocam a saúde e o bem comum acima de seus próprios interesses”, disse nota da Prefeitura emitida no começo da tarde desta terça-feira, 4.

LEIA TAMBÉM: Prefeitura credita alta dos casos a aglomerações e ‘festas clandestinas’

A Administração Municipal garantiu que o trabalho de todas as equipes de fiscalização e orientação continuará sendo feito, com ainda maior rigor. A Brigada Militar, além do apoio nas ações realizadas pela Prefeitura Municipal, como diligências e forças-tarefas, em casos mais graves, poderá registrar termo circunstanciado de ocorrência (TCO). O documento, apesar de ser uma infração de menor potencial ofensivo, pode acarretar pena de até dois anos de prisão ou multa.

“O momento é decisivo. A população de Rio Pardo precisa unir-se em benefício de todos, para que a proliferação do vírus pare de avançar de forma tão vertiginosa. Cada um precisa fazer a sua parte e de forma comprometida, para que possamos nos manter saudáveis, assim como todos aqueles a quem amamos”, finalizou a declaração da Prefeitura.

LEIA MAIS: ACOMPANHE A COBERTURA COMPLETA SOBRE O CORONAVÍRUS