Atividades presenciais 11/09/2020 14h29

Conselho de Saúde se posiciona contrário ao retorno das aulas em Santa Cruz do Sul

A justificativa é de que a região encontra-se "em pleno alto pico de contágio comunitário da Covid-19"

O Conselho de Saúde de Santa Cruz do Sul se posicionou contrário ao retorno das aulas presenciais no município, em resolução publicada ainda no começo do mês. Conforme o documento, divulgado nesta sexta-feira, 11, a orientação vale tanto para a rede municipal quanto estadual e particular. A justificativa do conselho é de que a região encontra-se “em pleno alto pico de contágio comunitário da Covid-19”.

A resolução foi definida durante reunião ordinária, realizada no dia 1º de setembro, e publicada no mesmo dia, assinada pelo presidente do conselho, Gilberto de Moraes Saraiva. A aprovação, conforme o documento, foi unânime e passou a valer já no dia 1º. “Diante disso, a preocupação com o retorno das aulas fundamenta-se na propagação da contaminação”, diz a resolução (confira na íntegra abaixo).

LEIA MAIS
Creches particulares retomam atividades presenciais a partir do dia 15 de setembro em Santa Cruz
Volta às aulas nas escolas públicas da região fica para outubro
Educação infantil de Rio Pardo só terá retorno no ano que vem

Confira a resolução na íntegra:

“O Conselho Municipal de Saúde do Município de Santa Cruz do Sul, no uso de suas competências, vem por meio desta resolução, posicionar-se CONTRARIAMENTE ao retorno das aulas no município de Santa Cruz do Sul, tanto na rede municipal e estadual, abrangendo escolas municipais, estaduais e particulares do nosso município. Tal contrariedade pontua-se pelo fato de estarmos em pleno alto pico de contágio comunitário da COVID-19. Sabendo-se que é uma doença causada pelo coronavírus, denominado SARS-CoV-2, que vem atingindo a população mundial, infelizmente, no nosso país, já causou a morte de mais de cem mil pessoas. Diante disso, a preocupação com o retorno das aulas fundamenta-se na propagação da contaminação. Fato este, que enquanto controle social, remete a estarmos atentos e acompanhando todos os setores da sociedade. Além de proteger e preservar os trabalhadores da saúde e de educação, que estão na linha de frente e totalmente expostos ao contágio. Nosso maior objetivo é preservar as vidas da população de Santa Cruz do Sul. Nesse sentido, o empenho de todos é fundamental para que tenhamos acesso à saúde pública com qualidade e humanizada.”

LEIA MAIS: ACOMPANHE A COBERTURA COMPLETA SOBRE O CORONAVÍRUS