Nesta quarta 16/09/2020 08h13 Atualizado às 08h28

Corede realiza assembleias microrregionais da Consulta Popular

Reuniões ocorrem de forma virtual esta manhã, às 8h30 para os Comudes do Centro-Serra e às 10h15 para os do Baixo Vale

O Conselho Regional de Desenvolvimento do Vale do Rio Pardo (Corede/VRP) realiza nesta quarta-feira, 16, as assembleias microrregionais para tratar sobre a Consulta Popular, como, por exemplo, a definição de até cinco projetos de cada área a serem levados para o encontro regional. As reuniões, de forma virtual, começam às 8h30 para a microrregião dos municípios do Centro-Serra e às 10h15 para o Baixo Vale.

A assembleia regional da Consulta Popular definirá as últimas questões do processo e será realizada no próximo dia 28. A cédula apresentará três projetos, sendo que os dois mais votados serão os eleitos para receberem os recursos. A ideia, segundo o presidente do Corede, Heitor Petry, é contemplar projetos regionais, que congreguem as duas microrregiões. “Queremos trabalhar em áreas mais macro, não dividindo tanto os recursos”, destacou. Para ser contemplado com o recurso da Consulta, cada município precisa atingir o número mínimo de 2% dos eleitores.

LEIA MAIS: Corede do Vale do Rio Pardo define primeiras ações da Consulta Popular 2020

Os participantes ainda escolherão os delegados durante a assembleia, na proporção de um para cada dez participantes, e em caso de fração igual ou superior a cinco, elege-se mais um delegado. A escolha dos projetos para a cédula de votação sairá do Caderno de Diretrizes, composto de 29 projetos e subprojetos. O valor estimado para o Corede/ VRP é de R$ 742.857,14, sendo que metade será pago pelo governo do Estado em 2021 e a outra metade em 2022.

A assembleia do Centro-Serra reunirá os municípios de Arroio do Tigre, Estrela Velha, Ibarama, Lagoa Bonita do Sul, Passa Sete, Segredo, Sobradinho e Tunas. Já do Baixo Vale estarão participando os Comudes dos municípios de Boqueirão do Leão, Candelária, Encruzilhada do Sul, General Câmara, Herveiras, Mato Leitão, Pantano Grande, Passo do Sobrado, Rio Pardo, Santa Cruz do Sul, Sinimbu, Vale do Sol, Vale Verde, Venâncio Aires e Vera Cruz.

Petry: ideia é contemplar projetos regionais, para não dividir tanto os recursos

ELEIÇÃO DAS PRIORIDADES
Realizada anualmente há mais de 20 anos no Rio Grande do Sul, a Consulta Popular é organizada pela Secretaria de Planejamento, Governança e Gestão. O objetivo é fortalecer o desenvolvimento regional, valorizando projetos que ampliam o crescimento econômico, a ciência e a inovação em áreas como agricultura, infraestrutura e turismo.

Este ano, a votação vai ocorrer totalmente de forma virtual no site www.consultapopular.rs.gov.br ou por SMS entre 26 de outubro e 3 de novembro. O processo vai encaminhar a aplicação de R$ 20 milhões em projetos para municípios das 28 regiões dos Conselhos Regionais de Desenvolvimento (Coredes).

LEIA MAIS: Votação da Consulta Popular será no fim de outubro