LIBERTADORES 16/09/2020 21h36 Atualizado às 23h56

Grêmio joga mal e perde no Chile pela Libertadores

Tricolor sofreu dois gols no fim do primeiro tempo e perdeu pela primeira vez no torneio

Sem jogar pela Copa Libertadores desde o empate sem gols no Gre-Nal do dia 12 de março, o Grêmio voltou à campo pelo torneio Continental na noite desta quarta-feira, 16, em Santiago, no Chile, pela terceira rodada da fase de grupos.

O resultado foi ruim para o Tricolor. A equipe de Renato foi dominada em Santiago, capital chilena, e volta para Porto Alegre com a primeira derrota na competição ao sofrer dois gols no fim da primeira etapa. O próximo confronto pela Libertadores é o clássico Gre-Nal, no Beira-Rio, na Quarta-feira, dia 23.

1º TEMPO

Os primeiros minutos da partida prometiam um Grêmio melhor em campo, em relação ao que foi apresentado na totalidade da partida.

Aos três minutos, o Grêmio já criava uma chance na tabela entre Isaque e Luiz Fernando. O primeiro chute à gol, apesar de a arbitragem ter marcado impedimento do ataque gremista, dava a impressão de uma equipe que iria pressionar os chilenos.

Com o passar dos minutos, a posse de bola foi ficando com o time da casa. Sem criatividade, as chances de gol não apareciam para o time de Renato Portaluppi.

Aos 29 minutos, a Universidad Católica chegava com uma bola na trave. Fuenzalida avançou pelo meio e soltou a bomba. Vanderlei tocou na bola com a ponta dos dedos e mandou para escanteio. Na cobrança, a bola passou perigosamente na frente da área do goleiro Tricolor. Vanderlei não saiu do gol e a defesa da equipe gaúcha mostrava que não estava em seus melhores dias.

Aos 39, mais um erro da defesa. Geromel erra o passe e dá um presente para Zampedri, que saiu na cara de Vanderlei e chutou rasteiro. O goleiro gremista afastou com os pés.

Aos 41, o Grêmio perdeu o zagueiro Pedro Geromel. O jogador sentiu uma lesão e deu lugar a Rodrigues.

Aos 43 minutos, após jogada de escanteio pela esquerda e desvio do ataque chileno, a bola sobrou para Zampedri dominar e soltar a bomba de canhota, sem nenhuma chance para o arqueiro Tricolor. 1 a 0 para a Universidad Católica.

Os visitantes nem conseguiram assimilar o primeiro gol, e já estavam sofrendo mais um: o jogo recomeçou, e no minuto seguinte, Piñares recebeu lançamento longo na grande área. A bola passou por cima do zagueiro Rodrigues. Piñares deu chapeu em Vanderlei e tocou pro gol vazio para fazer 2 a 0 em um belo gol.

2º TEMPO

O Grêmio voltou para o segundo tempo sem modificações. A equipe de Renato atacava sem velocidade, e não conseguia chegar ao gol do goleiro Dituro.

Aos 5 da segunda etapa, Robinho substitui Luiz Fernando e Ferreira entrou no lugar de Isaque. O Grêmio melhorou na posse de bola, mas a Católica se posicionava bem também na marcação.

A primeira boa chance da segunda etapa foi aos 24 minutos, quando Alisson recebeu passe longo e rolou a para trás para o chute de Diego Souza, que saiu forte, mas por cima.

Ao final, o placar de 2 a 0 para a Católica ainda ficou barato para o Tricolor, que ainda teve David Braz expulso aos 40 minutos. A equipe chilena, que conquistou seus primeiros pontos na Libertadores com a vitória sobre o Grêmio, ainda terminou a partida pressionando.

O técnico Renato gaúcho terá uma semana para arrumar a equipe para a próxima rodada do torneio Continental, que ocorre no dia 23, no clássico Gre-Nal.

Com quatro pontos, o Tricolor é o segundo colocado do Grupo E. Além do Gre-Nal, que ocorre no Beira-Rio, o Grêmio ainda tem pela primeira fase da Libertadores o confronto em casa contra a Universidad Católica dia 29 de setembro, e dia 22 de outubro, contra o América de Cali.

Data e horário: Quarta-Feira, 16 de setembro, 21h30
Local: Estádio San Carlos de Apoquindo, Chile
Arbitragem: Dario Herrera (Argentina), com Juli Fernandez e Cristian Navarro
Gols: Zampedri, aos 44min/1ºT; Piñares, aos 45min/1ºT

UNIVERSIDAD CATÓLICA
Dituro; Fuenzalida, Lanaro, Huerta, Rebolledo, Saavedra (Silva), Pinares, Aued, Lezcano (Munder); Zampedri (Valencia) e Puch
Técnico: Ariel Holan

GRÊMIO
Vanderlei; Orejuela, Geromel (Rodrigues), David Braz, Cortez; Darlan (Guilherme Azevedo), Matheus Henrique, Isaque (Ferreira), Luiz Fernando (Robinho), Alisson (Rildo); Siego Souza
Técnico: Renato Gaúcho