SANTA CRUZ 30/12/2020 17h47 Atualizado às 18h29

Prefeitura inaugura creche do Residencial Viver Bem

Ato aconteceu nesta quarta-feira, 30. Unidade já recebe crianças desde o dia 14

Uma das obras mais aguardadas pela comunidade santa-cruzense, a Escola Municipal de Educação Infantil Viver Bem, localizada no Bairro Santa Vitória, foi inaugurada nesta quarta-feira, 30, pelo prefeito Francisco Carlos Smidt.

No ato, a secretária de Educação, Jaqueline Marques, destacou o empenho da Administração Municipal para entregar a obra. “Esta obra é a realização de mais um sonho. O prefeito Telmo lutou muito para que este prédio fosse entregue para a comunidade”, afirmou.


Já o prefeito Carlão, em seu pronunciamento, ressaltou o empenho de todos. “Sei que foi um trabalho de equipe, que com muita determinação batalhou para que esta obra fosse concluída. Tenho orgulho de aqui representar o prefeito Telmo, porque este prédio tem um valor muito maior, por atender uma comunidade que realmente necessita do apoio do poder público””, afirmou.

LEIA MAIS: Ponte de Júlio de Castilhos e Emei no Viver Bem devem ser inauguradas ainda nesta semana


Em funcionamento desde o dia 14 de dezembro, a Creche do Viver Bem, como é conhecida, já atende 85 crianças, mas tem capacidade para até 200. Além das crianças do próprio loteamento, serão beneficiadas outras do mesmo bairro e também do Dona Carlota.

A obra foi executada com recursos oriundos de financiamento junto à Caixa Econômica Federal (CEF), por meio do Programa PAC Pró-Moradia. O investimento total na construção da escola é de cerca de R$ 1,8 milhão.

Lista de espera

Em seu discurso, a secretária de Educação, Jaqueline Marques, relembrou sobre o número de crianças que aguardavam por uma vaga na educação infantil no início do governo Telmo Kirst, em 2013. “Naquela época, tínhamos uma lista de espera de mais de 1.200 crianças. Hoje temos somente 53 crianças. É mais uma conquista que, com o empenho de nossa equipe da secretaria, conseguimos”, finalizou.

LEIA TAMBÉM: Turno único na Prefeitura de Santa Cruz segue em janeiro