REGIÃO 09/01/2021 20h18

Venâncio Aires confirma 34ª morte por Covid-19

A partir desta segunda-feira, município muda protocolos para atendimento de pacientes com a doença ou com suspeita de infecção

Uma mulher de 83 anos faleceu neste sábado, 9, na UTI do Hospital São Sebastião Mártir (HSSM), em Venâncio Aires. Ela tinha teste positivo para Covid-19. A paciente tinha doença cardiovascular crônica e diabetes mellitus, condições que a colocavam no grupo de risco para a infecção pelo novo coronavírus.

As informações foram divulgadas pela Prefeitura de Venâncio Aires. Segundo os dados da Secretaria Municipal da Saúde, o município chega, com o caso fatal confirmado neste sábado, a 34 mortes por Covid-19.


LEIA MAIS: 45% dos testes de Covid-19 feitos na Unisc em janeiro tiveram resultado positivo

No mais recente boletim completo com dados do coronavírus divulgado pelo Município, nessa sexta-feira, 8, a Capital do Chimarrão tinha 3.211 moradores com teste positivo, sendo 61 em acompanhamento. Outras 3.117 estão recuperadas da doença.

Atendimento muda de local

A partir desta segunda-feira, 11, a Administração Municipal de Venâncio Aires mudará os protocolos de atendimento a pacientes com suspeitas de Covid-19. Buscando dar mais conforto ao trabalho de profissionais e melhorar o fluxo de acolhimento, o Centro de Atendimento Respiratório (CAR), que funcionava no Pavilhão de Eventos São Sebastião Mártir, passa para um local anexo ao Posto de Saúde do Bairro Gressler. Além de novos espaços físicos, o objetivo é alterar protocolos para encaminhamentos de exames e procedimentos.

O prefeito Jarbas da Rosa, que responde também pela Secretaria de Saúde, e a vice Izaura Landim, visitaram nessa sexta-feira, 8, o novo espaço destinado ao CAR. “Nossa preocupação inicial era oferecer mais conforto aos profissionais que vinham sofrendo com as altas temperaturas nos Pavilhões. Em seguida, conversando com a equipe técnica, vimos a necessidade de implantar aqui novos protocolos também”, destacou.

LEIA MAIS: Venâncio Aires lança campanha para retomar cuidados com a Covid-19

Município deixa de aplicar testes rápidos

Entre as alterações, a testagem rápida deixará de ser aplicada. De acordo com a coordenadora da Vigilância Epidemiológica, enfermeira Carla Lili Muller, os testes rápidos não são efetivos para fins epidemiológicos. Por isso, o município investiu na aquisição de testes do tipo antígeno que, apesar de mais caros, são mais fidedignos para detecção do Covid nas primeiras fases da doença.

“Vamos utilizar o antígeno especialmente em pacientes acima de 50 anos e com doenças associadas, como diabetes, hipertensão, obesidade, entre outros”, acrescenta Lili. O PCR será aplicado na população sem fator de risco. Ambos os exames (teste de antígeno e PCR) serão coletados quando o paciente estiver entre o terceiro e o sétimo dia de sintomas.

LEIA MAIS: Região segue em bandeira vermelha no distanciamento controlado

Outras alterações previstas dizem respeito à adoção de protocolos médicos, encaminhamentos para exames e medicação. “Já estão sendo buscadas alternativas para garantir que o paciente saia do CAR, por exemplo, com a medicação básica do seu tratamento. Queremos evitar a peregrinação dos pacientes pela rede atrás de exames e medicação”, explicou o prefeito Jarbas da Rosa.

O Centro de Atendimento Respiratório (CAR) funcionará no Bairro Gressler de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 11h30 e das 13 horas às 17 horas. A média de atendimentos nos últimos meses chega a 140 pacientes por dia, sendo aproximadamente 25 consultas com médico de plantão.

Com informações da Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Venâncio Aires

LEIA MAIS: ACOMPANHE A COBERTURA COMPLETA SOBRE O CORONAVÍRUS