PROGRAMA EMERGENCIAL 14/01/2021 07h43

Projeto para apoiar pequenos negócios será encaminhado ao Legislativo em fevereiro

O valor estimado para concessão de crédito é de R$ 6 milhões, volume suficiente para auxiliar até mil empreendimentos

O governo de Santa Cruz do Sul pretende encaminhar à Câmara de Vereadores tão logo termine o recesso, no início de fevereiro, o projeto de lei que autoriza a implantação de um programa para concessão de crédito emergencial a pequenas empresas. Na quarta-feira, 13, a prefeita Helena Hermany (PP) participou de uma reunião virtual com a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedet), Credisol e Banco Regional de Desenvolvimento Econômico (BRDE).

Na ocasião foram discutidos os detalhes do programa emergencial destinado a alavancar os pequenos negócios, manter empregos e gerar renda, e que integra as metas apresentadas pela nova gestão para os primeiros 100 dias.


LEIA MAIS: Prefeitura vai criar programa emergencial para pequenos negócios

A ideia é que os empréstimos sejam realizados por meio do Banco do Povo. Poderão acessar profissionais liberais, autônomos microempreendedores, microempresas e empresas de pequeno porte, que poderão contratar até R$ 100 mil, com juro entre 1% e 3% ao mês. O prazo para pagamento será de 24 meses, com os três primeiros meses de carência.

O valor global estimado para concessão de crédito é de R$ 6 milhões, volume suficiente para auxiliar um contingente de mil empreendimentos.

LEIA TAMBÉM: Saiba quais as metas de Helena para os primeiros 100 dias


MAIS LIDAS