Situação crítica 22/02/2021 19h28

Boqueirão do Leão teve que racionar oxigênio nesta segunda

Prefeito informou que foi necessário pedir emprestado a pacientes que utilizam o insumo em casa

Em meio a escassez de oxigênio, na tarde desta segunda-feira, 22, os médicos do Hospital Doutor Anuar Elias Aesse, de Boqueirão do Leão, tiveram que racionar e improvisar o uso do insumo. O prefeito do município Jocemar Barbon (PL) conta que por volta das 13 horas o insumo acabou. “Pedimos emprestado a pacientes que tinham cilindros em casa e conseguimos improvisar até o fim da tarde, quando um novo carregamento de oxigênio, vindo de Canoas, chegou.”

Barbon disse que o estoque não é garantia de que nesta terça-feira, 23, não volte a faltar oxigênio. No município faltam vagas para internação também. Até a tarde desta segunda, pacientes aguardavam por vagas de internação.

LEIA MAIS: Boqueirão do Leão terá lockdown a partir desta sexta

Já quanto ao lockdown, implantado no último fim de semana, o prefeito avalia a possibilidade de mantê-lo durante outros dias da semana. “Está programado para o próximo fim de semana um novo fechamento. Porém, faremos uma reunião com o comércio, e esta medida poderá ser antecipada.”

Boqueirão do Leão também encurtou em uma hora o tempo de atividade comercial. O decreto do governador previa o fechamento de lojas e estabelecimentos às 20 horas. No município, a regra é encerrar às 19 horas. “A situação ainda é muito grave, e durante o fim de semana a população entendeu”, complementou.

LEIA MAIS: ACOMPANHE A COBERTURA COMPLETA SOBRE O CORONAVÍRUS