PANDEMIA 04/03/2021 18h02 Atualizado às 21h55

Confira as regras do lockdown deste final de semana em Santa Cruz do Sul

Medida ocorre das 20 horas desta sexta-feira, 5, até as 5 horas de segunda-feira, 8

Após a decisão unânime dos prefeitos que integram a Associação dos Municípios do Vale do Rio Pardo (Amvarp) em decretar lockdown regional neste final de semana, a Prefeitura de Santa Cruz do Sul divulgou nessa quinta-feira, 4, um decreto com novas regras para o enfrentamento da Covid-19.

Conforme o presidente da Amvarp, o prefeito de Vale do Sol, Maiquel Silva, os líderes dos Executivos têm autonomia para estabelecer as regras e horários de restrição da circulação de pessoas e fechamento dos estabelecimentos não essenciais. Em acordo com a decisão, a prefeita de Santa Cruz do Sul, Helena Hermany decretou lockdown no município das 20 horas desta sexta-feira, 5, até as 5 horas de segunda-feira, 8. O horário é o mesmo que o estabelecido no primeiro final de semana de lockdown em Santa Cruz.

LEIA MAIS: Amvarp decide por lockdown regional no final de semana

Veja quais são os principais protocolos de lockdown:

  • Farmácias sem restrição no sábado, 6. No domingo, 7, devem funcionar apenas por telentrega, pegue e leve e drive-thru.
  • Minimercados, supermercados, macroatacados, padarias, açougues podem funcionar no sábado, 6, até as 20 horas. No domingo, 7, funcionamento será permitido somente das 7 horas às 12 horas.
  • Restaurantes, trailers, food trucks, lanchonetes e lancherias podem funcionar apenas por telentrega até as 22 horas; após este horário, haverá a tolerância de 30 minutos para o encerramento definitivo das atividades.
  • Serviço de transporte coletivo urbano (ônibus) terá linhas com horário reduzido. Clique aqui e confira os horários.
  • Serviço de transporte público individual (aplicativos de transporte e táxi), limitado a dois passageiros coabitantes, pode funcionar durante o período de lockdown com itinerários somente para destino às atividades essenciais.

CLIQUE PARA ACESSAR O DECRETO COMPLETO

LEIA MAIS: ACOMPANHE A COBERTURA COMPLETA SOBRE O CORONAVÍRUS