Sinimbu 07/04/2021 08h43

Professores protestam contra projeto que prevê cortes no plano de carreira

Faixas e cartazes foram confeccionados para demonstrar o descontentamento com a pauta colocada em discussão na Câmara de Vereadores

Um grupo de 50 professores da rede municipal de Sinimbu protestou na noite dessa terça-feira, 6, antes da sessão da Câmara de Vereadores, contra um projeto que prevê cortes no plano de carreira da categoria. Faixas e cartazes foram confeccionados para demonstrar o descontentamento com a pauta colocada em discussão.

A professora Aline Beatriz Jaeger Fredrich argumenta que o projeto ameaça o planejamento da aposentadoria dos educadores. A principal crítica ao projeto é que o professor ganhará apenas R$ 500,00 a mais quando atingir a classe F, ao completar 25 anos de carreira. “Muito se falou em valorizar a educação e o professor nas campanhas. Queremos ver essa valorização na prática”, diz Aline.

O projeto é do Executivo, que alega necessidade de adequações à realidade orçamentária. Para os cálculos, levou-se em consideração os índices de inflação do IPCA e IGPM, assim como a evolução de receitas do Fundeb. Segundo a Prefeitura, a folha do magistério cresceu 216%, acima dos demais indicadores.

LEIA TAMBÉM: Governo do Estado vai ao STF para retomar o ensino presencial no Rio Grande do Sul