Coluna da Renata 20/07/2017 17h53 Atualizado às 17h22

Tudo o que você precisa saber sobre sexo oral

Como se sabe tudo é individual, uns gostam e outros não. Perguntar é uma boa forma para saber se o parceiro gosta de receber carinhos com a boca

Foto: Divulgação

Com a revolução sexual, houve um “afrouxamento das regras sexuais”. As mulheres, principalmente, iniciaram a se permitir e a desenvolver outras maneiras de obter prazer. Se considera que as carícias preliminares ao ato sexual seriam as mais prazerosas e que duram mais tempo. Sexo oral é uma dessas formas e uma prática atualmente muito presente entre os casais. Confira a seguir uma série de perguntas e respostas sobre o assunto.

“Qual é o jeito certo para que sinta mais prazer?” - Não existe forma do certo ou errado, o importante é a descoberta e troca de informações do jeito que gosta. Interessante é variar as carícias para não “cansar” com movimentos circulares e sucções, além de não ficar somente na região genital. Outras regiões podem ser estimuladas, como coxas, pescoço, seios, costas, o que pode ser feito com beijos e toques suaves com as mãos. Para incrementar e variar podem ser usados produtos a venda em sexshops, como geleias, anéis, camisinha de língua. No homem, a glande (cabeça do pênis) e o freio na parte posterior, são os locais mais sensíveis e onde os toques devem ser mais sutis. A sucção é muito excitante para o homem, tendo inclusive camisinhas com sabor e aroma de frutas o que torna a prática mais interessante e é aliada para a prevenção de doenças sexualmente transmissíveis.

“Fico inibida quando ele faz em mim. O que tenho de errado?” - É resultado da educação equivocada de que a vagina é feia e suja. Na verdade, é preciso desconstruir essa ideia para passar a ver essa região como outra qualquer do corpo, como nariz, orelha, boca. Ficar pensando que ele pode achar que tem cheiro ou gosto ruim dificulta o relaxamento e passa a não gostar. Também pode deixar a mulher pouco à vontade ou com vergonha de demonstrar que está gostando. O homem também pode demonstrar aversão a essa prática também por ideia preconceituosa de que a vagina é suja. Pode ser que simplesmente nenhum “curta” essa forma. Como se sabe tudo é individual, uns gostam e outros não. Por outro lado, o odor ou sabor dos fluidos vaginas podem ser excitantes para muitos homens. Usar cremes ou geleias vendidas nos sexshop pode ajudar ou piorar. Perguntar é uma boa forma para saber. Comunicação entre pessoas é sempre importante.

Demoro muito a gozar desse jeito. Qual é o motivo?- Demorar ou não ter  orgasmo (gozar) pode ser por ansiedade, tensão e preocupação e também porque esse não é um estímulo que a mulher goste. Orgasmo é um reflexo e independe da vontade. Caso a mulher fique pensando, prestando atenção em outra coisa, preocupada que não vá gozar, é provável que não atinja o orgasmo.

 “Ele só consegue ter ereção com sexo oral. Por quê?” - Com o passar dos anos, as zonas erógenas do corpo, tanto femininas ou masculinas, tendem a se concentrar na região dos genitais. O que até aos 30 anos dava imenso prazer, como toque nos seios, na nuca, nas coxas, pode não surtir mínimo efeito aos 50/60 anos. Carícias orais são eficientes em qualquer idade. Com sexo oral o homem relaxa mais, pois deixa o dar prazer para parceiro/a e assim ele consegue a ereção para penetração, diferente da mulher.

“Faz mal engolir esperma? Pode engravidar?” - É uma pergunta muito frequente. O líquido espermático é formado basicamente de espermatozoides, açúcares e proteínas. Não faz mal para saúde. Mas é preciso atenção porque o esperma é um grande concentrador do vírus da aids, entre outras doenças. Por isso se recomenda uso de camisinha. Quanto à gravidez, é impossível ocorrer com sexo oral na mulher, pois o aparelho digestivo (boca/estômago e intestino) não têm contato com a vagina, logo os espermatozoides não têm como penetrar no útero.

Queria acabar com cheiro da vagina. Tem jeito?” - Um cheiro desagradável com corrimento pode ser infecção da vagina e deve ser tratado. Se não for por doença, a melhor maneira é fazer uma boa higiene com banho antes da prática sexual e não se preocupar demais.

Pelos atrapalham. Pode se depilar todos os pelos da região genital?” - Depilar ou não fica a critério de cada um e não interfere no prazer. Porém deve ter cuidado com higiene e hidratação da pele pois a cera ou lâmina podem retirar a camada de proteção e irritar a pele e causar infecção.

“Grandes lábios da vulva muito grandes. Existe cirurgia que os corrija?” - Existe, mas não é recomentado. Existem grandes variações anatômicas de formato, coloração e dimensões dos órgãos genitais, tanto dos homens quanto das mulheres. Não tem razão para preocupação, pois todas são insignificantes para obtenção do prazer.  Como qualquer cirurgia pode haver perda de parte da sensibilidade da área e pode atrapalhar o prazer.

Ele quer fazer outras coisas que eu não gosto, o que fazer?” - A mulher tem todo direito de se negar a coisas que não quer. Não existe nada que a obrigue a realizar coisas por imposição do homem ou parceiro/a.  A prática sexual faz parte da intimidade, respeito e afeto entre o casal. Importante estar de comum acordo e ser prazerosa para ambos, independente da situação. Daí a necessidade de comunicação entre os dois.