Marcos Rivelino 22/05/2018 21h53 Atualizado às 09h32

Vitória e alívio

Com a vitória sobre a Chapecoense, o Internacional saiu da zona de rebaixamento e ganhou uma semana mais tranquila para trabalhar, visando o jogo contra o Corinthians no próximo domingo.

Com a vitória sobre a Chapecoense, o Internacional saiu da zona de rebaixamento e ganhou uma semana mais tranquila para trabalhar, visando o jogo contra o Corinthians no próximo domingo. Jogando um futebol inconsistente, o resultado é o mais importante e os três pontos foram preciosos para livrar o time de uma pressão neste início do campeonato.

Fundamentos de base

Tenho notado o grande número de passes errados que o time colorado apresenta nos jogos. Um fundamento básico que limita todas as demais ações da movimentação de uma equipe em campo. Desde a transição defensiva, com a bola passando pela zona de criação até chegar ao ataque, o Internacional tem demonstrado dificuldades de fazer triangulações, de ficar com a bola, de construir alguma jogada que envolva qualidade no passe. Essa situação preocupa bastante porque deixa o time refém da bola parada, de um lance casual ou das falhas do adversário, fatores que nem sempre irão acontecer.

Força do elenco

Esta noite, o Grêmio precisa vencer o Defensor do Uruguai para confirmar o primeiro lugar do seu grupo e ficar entre as melhores equipes na classificação geral, ganhando a vantagem de jogar em casa a segunda partida nos mata-matas. Com vários e importantes jogadores sem condições de jogo, o momento é de testar o elenco, ver possibilidades de ajustes até mesmo no esquema, mas principalmente avaliar o potencial de alguns que receberam poucas oportunidades. Até a parada para a Copa do Mundo, o Tricolor terá seu elenco devidamente testado.

Boa semana a todos.