MARCOS RIVELINO 07/10/2020 10h57

Bom Velhinho

D’Alessandro continue sendo um presente de qualidade técnica nesse time mediano do Internacional

Não se trata do querido Papai Noel, embora, quando está em campo, D’Alessandro continue sendo um presente de qualidade técnica nesse time mediano do Internacional. É inacreditável que Eduardo Coudet não perceba a mudança técnica que seu time ganha com o velhinho bom de bola. Sua reserva atual só se justificaria se o time não fosse órfão de um jogador de sua categoria e capacidade técnica.

Maestro voando
No lado tricolor, Maicon é um jogador que tira do Grêmio o rótulo de ser um time de uma jogada só. Ainda que falte um meia armador, um camisa 10, Maicon é diferenciado, pela dinâmica e organização que dá ao jogo do Grêmio nas transições ofensivas. Para a decolagem prometida por Renato Portaluppi, esse jogador é fundamental, principalmente sem um armador de ofício.

Conceitos
Todo técnico possui conceitos e métodos para impor seu estilo de jogo. Dentro disso, vêm também suas escolhas ou preferências por jogadores e suas características. Até aí tudo normal, desde que algumas não se tornem teimosia ou outro tipo de exclusão. Musto, pelo mau momento, é o caso mais atual no Internacional. O que ele não está jogando é nítido para todos, menos para o treinador colorado.

A rodada
O Grêmio é o vice-líder dos empates neste Brasileirão – só fica atrás do Botafogo. Por isso se atrasou e flerta com a zona de rebaixamento, apesar do jogo atrasado. Vencer o Coritiba é obrigação. Amanhã o Inter, diante do Bragantino, precisa voltar a vencer para dar mais tranquilidade ao técnico Coudet. Boa semana para todos!

LEIA OUTRAS COLUNAS DE MARCOS RIVELINO