Televisão 09/02/2018 17:51:31

Elas indicam: séries para você viciar

Veja as dicas das repórteres e editoras do Portal Gaz para você começar a assistir já

Foto: Reprodução

A época de férias está na reta final, mas ainda dá tempo de maratonar muitas séries de televisão, ainda mais se você tiver feriado no Carnaval também. Nós, aqui da redação do Portal Gaz, somos viciadas em seriados. Por isso, cada uma escolheu o programa preferido do momento para indicar. Tem de tudo: drama, romance, história, crimes e ficção. A melhor parte é que, por coincidência, todas as escolhidas têm na Netflix. Vem ver o que nós separamos!

American Crime Story
(2016 - atual)


Indicação da Gabriela Etges

Crimes que marcaram a história dos Estados Unidos e tiveram grande repercussão na mídia são o foco dessa série, da emissora FX. Eu, que já sou fã de outras séries criminais, como How to Get Away With Murder, viciei nessa de primeira. As temporadas de American Crime Story funcionam como uma minissérie e ganham um título individual, já que cada uma conta um caso diferente. Com esse formato, a parte boa é que dá pra escolher quais temporadas você quer ver, além de que elas são curtinhas: 10 episódios de 50 minutos cada. Até agora, uma já foi lançada e a segunda está em andamento, com previsão de mais duas.

A primeira temporada, que estreou em 2016 e está na Netflix, ganhou o nome de 'The People v. O.J. Simpson' e retrata o chamado julgamento do século. O.J. Simpson, então jogador de futebol americano com fama mundial, foi acusado de assassinar brutalmente a ex-esposa e o namorado dela em 1994. É a partir daí que a história se desenvolve, contando todas as etapas do julgamento de maior publicidade dos EUA. Mesmo com uma série de provas que incriminavam O.J., a equipe de advogados de defesa faz o impossível para reverter a história e tentar inocentar o jogador. Essa é a parte legal da série: várias reviravoltas que fazem você ficar em dúvida se ele é mesmo criminoso ou inocente e te prendem na trama.

Observação importantíssima: um dos defensores de Simpson foi Robert Kardashian. Isso mesmo: o pai de Kim, Khloé e Kourtney Kardashian! Pra quem nunca entendeu de onde as irmãs e a mãe, Kris Jenner, se tornaram celebridades, foi aí que a família começou a ganhar fama. E é claro que, mesmo com aparições secundárias, as estrelas não ficaram de fora da série.

A segunda temporada estreou em janeiro deste ano e ainda está em andamento, sem previsão de estreia na Netflix. Denominada 'The Assassination of Gianni Versace', a história da vez trata sobre a morte do então estilista da grife italiana Versace, hoje comandada pela irmã, Donatella, que é interpretada por Penélope Cruz.

Reign
(2013 - 2017)


Indicação da Lua Rodrigues

Comecei a assistir Reign por indicação da Paola. São apenas quatro temporadas e a última delas foi lançada no mês passado aqui no Brasil. Você pode assistir Reign na Netflix, mas o problema é que provavelmente vai se viciar na trama (fica o alerta). A série conta a história de Mary Stuart, rainha da Escócia, e seu caminho até o poder, iniciando com a chegada à França ainda na adolescência e seu noivado com o príncipe Francis. É marcada por muitas tretas, mortes, amores (e sexo), política, além de figurinos maravilhosos e uma trilha sonora com músicas atuais adaptadas ao clima da época. Reign ganhou o People's Choice Awards na categoria de Novo Drama Favorito de 2014. São 22 episódios na primeira temporada; 22 na segunda; 18 na terceira e só 16 na quarta. A série não terá continuação, infelizmente. Vale a pena conferir!

Revenge
(2011 - 2015)


Indicação da Maria Helena Lersch

Acabei de assistir nesta semana Revenge. São quatro temporadas, com cerca de 23 episódios cada. O drama mostra os planos de vingança de Amanda Clarke (Emily VanCamp). Ela é a mocinha da história, que viu o pai ser preso injustamente acusado de terrorismo, e passou a infância e adolescência em uma casa de detenção. Durante o período, os envolvidos na prisão do pai a fizeram acreditar que ele realmente era criminoso. Porém, quando Amanda é libertada, descobre toda a verdade e promete se vingar de cada um que havia destruído a família dela. Pra isso, ela passa a usar o nome Emily Thorne e volta para a cidade onde tudo aconteceu. Uma das coisas que acabam prendendo à série é que o plano de Amanda não é matar ninguém. Ela atinge os alvos desmascarando seus crimes, sem que ninguém perceba que é ela quem está por trás de tudo. No entanto, imprevistos acontecem e pessoas que ela ama acabam morrendo como consequência de seus planos. Revenge tem perdas, amizades e romance, como todo bom drama.

Tempos de Guerra
(2017 - atual)


Indicação da Marília Nascimento

A minha sugestão é a série espanhola Tempos de Guerra. Eu amo histórias que passam antigamente e essa me prendeu no primeiro episódio, são 13 no total. O único porém é que eles são longos, mas mesmo assim, apaixonantes. É daquelas que quando acaba o episódio tu já quer ir logo para o outro e saber o que vai acontecer. A história passa em 1921 e é baseada nas enfermeiras da elite de Madri que vão para o Marrocos trabalhar na Guerra do Rife. Três delas se destacam - Júlia, Pilar e Magdalena - e a série vai contando os dramas de cada uma, suas amizades e romances. Apesar de ter muito sangue, o romance se destaca e dá até para rir em alguns momentos. Tempos de Guerra está no catálogo da Netflix e tem apenas uma temporada (por enquanto; ela é de 2017).

Sense8
(2015 - 2017)


Indicação da Naiara Silveira

Oito pessoas dos mais variados lugares do mundo dividindo as mesmas emoções, desafios, habilidades e experiências. Esta é a característica de Sense8 que mais chamou a minha atenção quando conheci a série. Original da Netflix (adoramos!), a produção trata de tabus e realidades muito adversas com uma sensibilidade ímpar, em meio a toques de ficção científica e drama. Para resumir - sem spoilers: Nomi, Lito, Wolfgang, Will, Sun, Kala, Capheus e Riley são sensates, ligados pelo momento do nascimento. Para entender a ligação deles, só assistindo mesmo.

A série tem só duas temporadas, depois de a Netflix ter anunciado que encerraria a série, em 1º de junho do ano passado. Depois do enorme apelo dos fãs, a empresa anunciou que iria lançar um episódio especial de encerramento - muito aguardado e previsto para este ano. Os episódios, apesar de um pouco longos (em média uma hora), valem a pena cada segundo! A obra é dirigida, escrita e produzida por Lilly e Lana Wachowski e por J. Michael Straczynski. 

Outlander
(2014 - atual)


Indicação da Paola Severo

Para quem busca uma série que mistura vários gêneros e prende sua atenção a cada episódio, a recomendação é Outlander. A produção do canal Starz é baseada na série de livros de Diana Gabaldon e conta a história de Claire, uma enfermeira da Segunda Guerra Mundial que viaja no tempo e vai parar na Escócia de 1743. Estrelam Caitriona Balfe no papel principal, Tobias Menzies como Frank e Sam Heughan como Jamie. Em princípio a série mistura ficção e romance histórico, mas tem guerra, tramas políticas, comédia, tudo para agradar o espectador. Os dramas vividos pela viajante do tempo em seu choque de cultura são interessantes e curiosos. As três temporadas podem ser assistidas na Fox Play e a primeira e a segunda estão disponíveis na Netflix.

LEIA TAMBÉM: 11 séries curtinhas para maratonar no feriado de Carnaval