Suíça 10/01/2018 12h46

Bateria superaquecida causa princípio de incêndio e pânico em loja da Apple

Técnico que manuseava o aparelho teve queimaduras leves nas mãos. Devido à fumaça, público de 50 pessoas foi evacuado

Uma loja da Apple em Zurique, na Suíça, teve de ser evacuada nessa terça-feira, 9, após um princípio de incêndio causado pelo superaquecimento da bateria de um iPhone. O técnico que trocava a bateria no momento do incidente ficou com queimaduras leves nas mãos. Cerca de 50 pessoas estavam no local quando uma nuvem de fumaça começou a se formar, causando pânico nos clientes e funcionários.

Polícia, bombeiros e ambulâncias foram acionados. No entanto, o princípio de incêndio já tinha sido controlado pela equipe da loja ao aumentar a ventilação interna e o único ferido foi o técnico. Ele estaria trocando a bateria antiga de um celular, muito danificada, o que facilitou o superaquecimento.

Polêmica das baterias

No mês passado, a Apple confessou que a capacidade das baterias dos iPhones é reduzida conforme o tempo de uso, o que diminui a performance do aparelho. Como forma de se redimir ao consumidor pela falta de clareza, a marca ofereceu a troca de baterias antigas por novas pelo preço de US$ 29,00, cerca de R$ 94,00.