Novela 10/02/2018 10h17

Malhação aposta no cotidiano em nova temporada

Investindo boas fichas em sua nova produção, a Globo misturou no elenco grandes nomes de seu casting com jovens talentos

E vem aí mais uma temporada de Malhação com a missão de manter os bons índices de audiência da edição atual, uma das melhores de todos os tempos. Batizada de Malhação: Vidas Brasileiras e prevista para estrear em março, a nova temporada da novelinha está sendo escrita por Patrícia Moretzshon e é baseada na produção canadense 30 Vies. A intenção é levantar questões sobre machismo, desemprego, preconceitos, questões familiares, idealização de corpo, entre outros assuntos que permeiam o cotidiano dos brasileiros. 

Investindo boas fichas em sua nova produção, a Globo misturou no elenco grandes nomes de seu casting com jovens talentos, alguns estreantes na televisão. Para auxiliar na preparação do elenco, a emissora fez uma parceria com sua área de responsabilidade fiscal que serviu de inspiração para os atores, produção e direção da trama. 

Os trabalhos tiveram início no fim do ano passado, quando toda a equipe se reuniu para ouvir as histórias contadas por jornalistas, antropólogo, diretora de ensino, coordenadora pedagógica e estudantes. O objetivo disso foi inspirar a concepção dos personagens e aproximar ficção e realidade. Eles relataram suas experiências pessoais e abordaram temas como ensino alternativo, violência, as dificuldades enfrentadas pelo ensino público brasileiro e o amor pela função de professor, dentre outros assuntos.

Nesta semana, foi promovido um encontro entre o elenco e 16 adolescentes de diferentes origens e idades. Em meio a apresentações e dinâmicas em grupos, os participantes tiveram a chance de compartilhar histórias, sonhos, motivações, desafios e medos, estimulando a troca de vivências entre todos. “A Globo tem o poder de entrar nas casas das pessoas e falar de temas socialmente relevantes. Precisamos falar de educação tanto quanto falamos de política e de futebol. E Malhação faz isso como ninguém”, avalia a diretora de Responsabilidade Social da Globo, Beatriz Azeredo.

PERSONAGENS

Quanto às personagens, uma das principais será a professora Gabriela Fortes, interpretada por Camila Morgado. Mulher determinada e absolutamente apaixonada por sua profissão, a vocação de Gabriela vai além do seu ofício. Ela carrega consigo o ideal de mudar o mundo por meio da educação, um sentimento que acompanha muitos professores na vida real. 

É através desse olhar atento de Gabriela que serão costuradas as histórias vividas pelos jovens do Colégio Sapiência. “Vamos trazer, a cada quinzena, o drama pessoal de um aluno, investigado pela professora Gabriela. Gabriela é uma professora muito comprometida com a educação, se envolve demais, fica preocupada com cada sinal que seu aluno dá. É uma figura muito forte. Dá conta de muita coisa. Tem que cuidar da família e do trabalho”, ressalta a autora Patricia Moretzshon.