Cinema 08/03/2018 15h59 Atualizado às 16h40

Filme vai contar últimos anos de Belchior em Santa Cruz

Produção é da Pé de Coelho Filmes. Objetivo é conversar com todos os que tiveram algum contato com o músico na cidade

A silenciosa passagem de Antônio Carlos Belchior por Santa Cruz do Sul vai virar filme. A produção do documentário, que pretende desvendar como foram os últimos anos de vida do artista, é da Pé de Coelho Filmes. Conforme um dos sócios da produtora santa-cruzense, Diego Tafarel, a ideia é conversar com todos os que tiveram algum contato com o músico. A narrativa vai tentar responder o motivo pelo qual o autor de clássicos da MPB – como Velha Roupa Colorida e Como Nossos Pais – escolheu Santa Cruz para viver até a morte.

“A ideia nos foi trazida pela jornalista e professora do curso de Comunicação da Unisc, Patrícia Schuster, que, inclusive, está nos auxiliando na produção. Ela dividiu conosco o que sabia sobre a história e ao sabermos de alguns fatos ocorridos por aqui durante a sua passagem nos interessamos muito. Ficamos entusiasmados”, relatou Tafarel. As gravações começam em abril e a obra deve ficar pronta até o fim do ano.  

“Como assim um ‘cara’ do calibre de Belchior vive aqui na cidade e ninguém fica sabendo? Esse enigma, esse mistério também será nosso fio condutor”, indica o cineasta. A produtora ainda pede para que pessoas que tiveram alguma relação ainda não divulgada com Belchior entrem em contato com os envolvidos. “Estamos com uma lista em mãos de algumas pessoas que receberam o ídolo ou que tiveram algum tipo de envolvimento com ele. Vamos procurar cada uma delas”, orientou Patrícia.

+ LEIA MAIS: Os refúgios de Belchior