Música 10/10/2018 22h40 Atualizado às 14h41

Memorial da Unisc recebe show de José Delgado nesta quinta

Músico venezuelano se apresenta acompanhado da cantora Lívia Luz

O mais eclético e bacana projeto musical de que se tem notícia, o Dandô – Circuito de Música Dércio Marques, está de volta a Santa Cruz do Sul com dois novos – e muito bons! – nomes da música popular. Nesta quinta-feira, a partir das 20 horas, no palco do Memorial da Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc), apresentam-se, pela ordem, a cantora santa-cruzense Lívia Luz e o cantor e violonista venezuelano José Delgado. Não será cobrado ingresso, mas sugere-se uma contribuição de R$ 10,00 para sanar alguns custos de ordem técnica. E o Dandô tem esta característica: um músico local abre para o músico de fora. A promoção é uma parceria das escolas Família Agrícola com o Núcleo de Arte e Cultura da Unisc.

Delgado está trabalhando na divulgação de seu sexto disco de estúdio, o Algo, de 2016, que sublinha a sua primeira década de carreira artística, dedicada à criação de um novo cancioneiro venezuelano, alimentando sua proposta com gêneros da música popular tradicional venezuelana e caribenha. De 2012 a 2015, apresentou o programa musical Se nos Cae la Escalera, conseguindo reunir registros, em vídeos, de músicos contemporâneos venezuelanos e latino-americanos do mais alto nível. Desde novembro de 2017, dirige o projeto Ciudad Canción, que busca juntar poetas e músicos para a criação de canções e, com uma visão regional, impulsiona a circulação de artistas no corredor Colômbia – Venezuela – Brasil – Caribe.

Já colaborou em trabalhos de artistas venezuelanos e internacionais de destacada trajetória, tais como: Marta Gómez, Carlos Varela, Kevin Johansen, Virulo, Kelvis Ochoa, Gerardo Alfonso, Servando y Florentino Primera, Elizabeth Morris, Magdalena Mattey, Fabián Marquisio, Andrés Correa, Alejo García, Perrozompopo, Vicente Feliú, Cecilia Todd, Lilia Vera, Rafael “El Pollo” Brito, C4Trío, Aquiles Báez, Los Hermanos Naturales, Andrés Briceño, Pacho Flores, Amaranta, Víctor Morales, Manu Sija. Já apresentou sua música em feiras e festivais de mais de 25 países (África, Europa, América do Norte e América do Sul). De sua discografia, destaque ainda para La ventana (2005), Canciones y poemas (2008), A pedal y bomba (2010), Rueda libre (2012) e Sesiones en el Bolívar Hall Vol 1 (2016).

Serviço

O que: Dandô – Circuito de Música Dércio Marques apresenta Lívia Luz e José Delgado
Onde: auditório do Memorial da Unisc
Quando: nesta quinta, a partir das 20 horas
Quanto: R$ 10,00 ( contribuição sugerida)
Realização: escolas Família Agrícola (Santa Cruz e Vale do Sol) e Núcleo de Arte e Cultura da Unisc
Preste atenção: no diálogo que deve se estabelecer entre a canção popular brasileira e a venezuelana, ambas de ricos repertórios

Foto: Divulgação

Lívia Luz

Como é de praxe, o Circuito Dandô sugere sempre a apresentação de um músico local. Nesta quinta-feira, no caso, uma cantora, a Lívia Luz, que também toca piano e violão, e há seis anos trabalha como professora de música de forma autônoma. Ela faz parte da dupla Lívia e Thiago, que atua mais em casamentos e recepções. Além de seu trabalho com covers de outros artistas, também compõe suas próprias músicas. Algumas delas fazem parte de seu primeiro trabalho autoral, o CD intitulado Hora Certa, lançado em 2017, integrado por 12 faixas, dentro de um estilo que Lívia escolheu e no qual transita muito bem, com muita propriedade: o pop romântico.