Começou mal a semana 08/07/2019 15h03 Atualizado às 15h21

Ana Maria confunde cantor morto e parabeniza ex-técnico da Seleção ao invés do atual

Comentários da apresentadora renderam piadas nas redes sociais

O dia não começou bem para a apresentadora Ana Maria Braga nesta segunda-feira, 8. No auge dos seus 70 anos - e há 20 no ar com o Mais Você - a apresentadora confundiu o nome de João Gilberto, que morreu nesse sábado, e parabenizou o ex-técnico da Seleção Brasileira pela atuação na Copa América, ao invés do atual treinador.

Tudo começou depois do famoso bordão “Acorda, menina!”. Ao som de Samba da Minha Terra, ela comentou que a música era do “querido Gilberto Gil”. Na verdade, a faixa era uma homenagem à João Gilberto, que faleceu nesse sábado aos 88 anos, no Rio de Janeiro. Após uma rápida correção pelo companheiro Louro José, a apresentadora acertou o nome nas próximas falas.

>>> Assista ao programa

Mas a manhã era de confusão para a apresentadora: ainda comentando as principais notícias do fim de semana, durante uma matéria sobre a vitória da Seleção Brasileira na Copa América, Ana Maria parabenizou o técnico Felipão pela conquista do campeonato.

O problema é que o atual treinador da Seleção é Tite - Felipão trabalha atualmente no Palmeiras. A segunda gafe foi corrigida novamente pelo incansável Louro José, ao que a apresentadora justificou: “É o Tite, verdade. Estava com o Felipão na cabeça”.

Nas redes sociais, as confusões de Ana Maria renderam muitos comentários. “Ana Maria Braga começou bem: - lamentou a morte de Gilberto Gil ao invés de João Gilberto. - Agradeceu o título da seleção a Felipão ao invés de Tite. Ninguém é obrigado a estar 100% na segunda de manhã, não é mesmo?”, disse um usuário do Twitter, Arthur Carneiro.

“Hoje estou só a Ana Maria”, publicaram outros. “Ana Maria parabenizando o técnico da seleção Felipão e lamentando a morte de Gilberto Gil. Eu amo sabe. Não dá para esperar nada diferente de uma idosa que conversa com um fantoche às 9h da manhã todos os dias”, disse outro usuário, Bruno Paiva.